Especulação imobiliária: veja lista de bairros mais valorizados do RJ

Compartilhar a notícia

Ferramenta de precificação da Loft compara os valores pedidos em anúncios de apartamentos com o preço de fato nas transações em cartório em 2021 e cria um ranking da especulação imobiliária no Rio de Janeiro

20 de junho de 2022

Atualizado: 27 de junho de 2022 4 min de leitura
apartamento no bairro do leblon, rio de janeiro

O levantamento do Loft Dados, núcleo de pesquisas da empresa, mostrou que em seis bairros do Rio a diferença entre o que se vê no anúncio e o que foi pago na prática passou de 30% em 2021:

  • Vargem Pequena - 37,7%
  • Méier - 36,6%
  • Grajaú - 34,8%
  • Glória - 32,7%
  • Vila Isabel - 31,3%
  • Rio Comprido - 30%

"Atribuímos essa diferença principalmente à falta de informações mais precisas, tanto de quem está vendendo quanto de quem está comprando. No Brasil – e no Rio não é diferente –, dificilmente as pessoas envolvidas no processo sabem quanto realmente um imóvel custa. É necessário um tempo até que os dois lados, compradores e vendedores, entrem num equilíbrio em relação ao preço, com desgaste para as duas partes. Nosso intuito, ao fazer estudos como esse, é justamente ajudar a melhorar a transparência e, consequentemente, tornar a negociação mais rápida e fluida", diz Fábio Takahashi, gerente de Dados e Conteúdo da Loft.

Especulação imobiliária no Rio

Vargem Pequena, Méier e Grajaú, que lideram o ranking, também são os três bairros com os menores valores de transação, com o metro quadrado vendido por menos de R$ 4.000.

Nos bairros onde houve menos especulação, Jacarepaguá, Recreio dos Bandeirantes e Barra da Tijuca, os valores anunciados ficaram mais próximos da realidade. Nesses bairros, a diferença entre o preço do anúncio e o valor pago ficou abaixo de 16%.

"Quanto mais transparência e maior a precisão dos dados dos imóveis, melhor é o cenário para todo mundo – compradores, vendedores e mercado", explica Takahashi.

Bairro do Méier no Rio de Janeiro
No Méier a diferença entra valor anunciado e preço registrado em cartório foi de 26.6%. Foto: Shutterstock
No Méier a diferença entra valor anunciado e preço registrado em cartório foi de 26.6%. Foto: Shutterstock

Diferença entre valor de anúncio e preço de venda no Rio em 2021

BairroDiferença
Vargem Pequena37.7%
Méier36.6%
Grajaú34.8%
Glória32.7%
Vila Isabel31.3%
Rio Comprido30.0%
Maracanã28.7%
Tijuca28.6%
Botafogo28.1%
Copacabana26.0%
Leblon25.7%
Laranjeiras23.1%
Jardim Botânico22.9%
Catete22.7%
Flamengo22.2%
Andaraí22.1%
São Conrado21.2%
Humaitá21.0%
Gávea20.7%
Ipanema19.8%
Lagoa18.6%
Pechincha17.9%
Taquara17.3%
Freguesia (Jacarepaguá)17.2%
Barra da Tijuca15.5%
Recreio dos Bandeirantes14.3%
Jacarepaguá12.7%
Fonte: Loft Dados

Bairros mais valorizados do Rio

Leblon, Ipanema e Gávea foram os bairros mais valorizados da cidade em 2021. Em média, o metro quadrado transacionado ficou em R$ 16.667 no Leblon, R$15.519 em Ipanema e R$ 12.374 na Gávea.

"Nossos estudos mostram que localização e vista são alguns dos principais fatores que influenciam no valor do imóvel. No caso do Rio, os dados apurados pelo Loft Dados comprovam isso: estar perto da orla é um diferencial muito importante e decisivo. Além disso, pelo fato de a zona sul ser uma região muito disputada pelos clientes, isso, claro, se reflete diretamente na valorização dos imóveis", explica Takahashi.

Vista aérea da Praça General Osório, em Ipanema, um dos bairros mais valorizados do Rio. Foto: Shutterstock
Praça General Osório, em Ipanema, um dos bairros mais valorizados do Rio. Foto: Shutterstock

Valor do metro quadrado no Rio em 2021:

BairroValor do m2 em 2021
Vargem PequenaR$ 3.000
MéierR$ 3.791
GrajaúR$ 3.906
GlóriaR$ 6.800
Vila IsabelR$ 4.143
Rio CompridoR$ 4.545
MaracanãR$ 4.814
TijucaR$ 5.063
BotafogoR$ 8.552
CopacabanaR$ 8.662
LeblonR$ 16.667
LaranjeirasR$ 7.536
Jardim BotânicoR$ 11.712
CateteR$ 8.295
FlamengoR$ 8.750
AndaraíR$ 5.067
São ConradoR$ 8.725
HumaitáR$ 9.661
GáveaR$ 12.374
IpanemaR$ 15.519
LagoaR$ 11.971
PechinchaR$ 3.782
TaquaraR$ 3.885
Freguesia (Jacarepaguá)R$ 4.676
Barra da TijucaR$ 8.271
Recreio dos BandeirantesR$ 5.479
JacarepaguáR$ 5.787
Fonte: Loft Dados

Metodologia

O levantamento considerou 6.274 transações imobiliárias realizadas em 2021 no Rio de Janeiro. Foram considerados os bairros com ao menos 22 transações registradas no ano passado.

Para cada transação registrada em cartório, o time Loft Dados avaliou em diferentes plataformas imobiliárias os anúncios de imóveis localizados num raio de até 500 metros do apartamento negociado. Foi calculada, então, a diferença entre o valor do metro quadrado efetivado e o que está foi anunciado na região.

Leia mais

Repórter de Economia do Portal Loft. Jornalista formada pela ECA-USP com passagens pela TV Globo, Record, Band, SBT (onde trabalhou por nove anos como repórter) e CNN Brasil. Fez especialização em Jornalismo Literário pela ABJL e em Roteiro pela EICTV-Cuba. Foi finalista do Prêmio Esso de Jornalismo em 2012.

Deixe seu comentário

Veja também

emprestimo com garantia de imovel e pouco difundido no Brasil

Mercado imobiliário

01 de julho de 2022

Empréstimo com Garantia de Imóvel: saiba como funciona o crédito com juros baixos e prazos longos para pagar

taxa referencial Foto: Shutterstock

Mercado imobiliário

01 de julho de 2022

TR: O que é a Taxa Referencial e qual seu impacto nos contratos de financiamento imobiliário

sala cloffice escritoio armario banheiro lousa geek

Morar com estilo

01 de julho de 2022

Apartamento de 110 m² possui decoração geek, cloffice e banheiro camuflado

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.