Futuro do mercado imobiliário: saiba o que esperar e como se preparar

Compartilhar a notícia

Drones, visitas virtuais e inteligência artificial. Veja o que esperar do futuro do mercado imobiliário e como se adequar!

03 de abril de 2024

Autor Time Loft
Atualizado: 03 de abril de 2024 8 min de leitura
Mulher de perfil utilizando óculos de realidade virtual

Já pensou o que esperar do futuro do mercado imobiliário depois de tantas mudanças que o cenário pós-pandemia trouxe?

Foram anos de desafios e mudanças e, junto a isso, o modo de consumo também mudou. Sendo assim, é mais do que necessário ser adaptável para atender às demandas do mercado.

Se quer entender o que espera por você no futuro e como investir para se destacar na área, está no lugar certo.

Neste artigo, mostramos como lidar com as tendências que surgiram nos últimos tempos, as preferências do consumidor e de que forma as medidas de isolamento social impactaram o setor. Confira!

Como está o mercado imobiliário pós-pandemia?

setor imobiliário, mesmo com a pandemia, seguiu aquecido. Ainda em 2021, a procura por imóveis maiores e mais espaçosos foi o que movimentou o mercado imobiliário. Foi uma tendência forte em 2022 e que deve continuar pelos próximos anos.

Dessa forma, o cenário está favorável para o setor imobiliário por motivos como:

  • o crescimento de valores financiados;
  • os juros baixos, que atraem compradores e investidores;
  • a maior disponibilidade de anúncios em plataformas de compra e venda.

São essas as razões que geram boas oportunidades de negócios tanto para quem está se preparando para adquirir um imóvel para morar quanto para investir.

Além disso, com o retorno do trabalho presencial e do modelo híbrido, a retomada das locações ajudou a consolidar os números do setor. 

Para dar um panorama do futuro do mercado imobiliário, a pesquisa realizada pela Deloitte Auditoria e Consultoria Empresarial apontou, ainda, que 40% dos negócios serão realizados totalmente on-line até 2040.

Ou seja, é o momento perfeito para as imobiliárias darem uma guinada nas vendas e nas locações com a ajuda da tecnologia.

Maiores desafios enfrentados

O processo de digitalização foi um dos maiores desafios para imobiliárias que caminhavam de forma mais lenta na adoção de novas tecnologias.

Mesmo que o cenário de vendas tenha se mantido, as formas de comunicação precisaram ser adaptadas. O corretor de imóveis digital surgiu e precisou lidar com interações e apresentação de produtos e serviços on-line – o que antes era feito com contato mais direto com o cliente.

As imobiliárias, por sua vez, tiveram que se render a redes sociais, sites e atendimentos mais personalizados pelos canais on-line.

Foi um cenário de adaptação obrigatória para chegar até o cliente e oferecer uma experiência satisfatória para ajudar na tomada de decisão de compra.

Muitas dessas mudanças permaneceram e até facilitaram a rotina dos profissionais da área. Por isso, o mercado imobiliário ainda pode usufruir e muito desses softwares, das redes e das interações que a internet permite.

Anúncios

Vantagens de usar a tecnologia no mercado imobiliário

O uso das tecnologias traz um bom retorno para as imobiliárias, porque possibilita a divulgação ampla da carteira de imóveis. Por meio de redes sociais, sites e portais imobiliários, pessoas conhecem sua marca e podem entrar em contato com sua equipe de vendas com facilidade.

Além disso, a tecnologia auxilia na gestão imobiliária. Por meio de integração entre sistemas e ferramentas, a empresa reduz falhas por parte da equipe e evita que trabalhos manuais tomem parte da rotina dos colaboradores.

Quando a imobiliária investe nesses canais, a inovação chega tanto para os processos internos quanto para o atendimento de qualidade e personalizado para os clientes, com serviços mais ajustados às demandas deles.

Ou seja, a tecnologia está presente em diversas fases do processo, desde a revolução do gerenciamento até a forma com que a imobiliária se apresenta no mercado.

O futuro do mercado imobiliário está no digital

Os players que conseguiram se destacar no ambiente virtual durante a pandemia desenvolveram as etapas do processo de vendas de forma mais produtiva usando recursos on-line para auxiliar na compra digital.

Isso mostrou que essas empresas não apenas são adaptáveis como também sabem reconhecer a necessidade de mudanças.

Quem investiu em tecnologia ainda no início da pandemia esteve mais bem preparado para acompanhar as novas formas de consumo, crescendo no mercado. Essas imobiliárias saíram na frente da concorrência, proporcionando comodidade ao usuário e potencializando seus resultados sabendo usar a tecnologia a seu favor.

No entanto, não basta mudar uma vez. Acompanhar a tecnologia deve ser uma análise constante do que está sendo feito e do que ainda pode ajudar seu negócio a crescer.

7 tecnologias para investir e vender mais imóveis

As tecnologias têm trazido grandes transformações para as imobiliárias. Apostar em novidades pode atrair mais clientes, proporcionar experiências únicas e fazer com que as vendas aumentem.

Portanto, confira 7 tecnologias que são tendências para o mercado imobiliário:

1 – Drones

Os drones são ótimas ferramentas para apresentar imóveis aos clientes. A tecnologia é utilizada em vários setores e pode ser um grande diferencial frente à concorrência.

Dessa forma, faça filmagens aéreas destacando o entorno de um empreendimento, os cômodos e as áreas externas. O atributo tende a garantir modernidade e uma experiência diferente das tradicionais imagens estáticas, ou seja, são mais interessantes para atrair o consumidor.

2 – Tour virtual

Já imaginou oferecer um tour virtual completo ao seu cliente? Essa comodidade já faz parte do presente e do futuro do mercado imobiliário.

As visitas virtuais ajudam a quebrar a necessidade de deslocamento para compra de um imóvel. É uma ótima opção para conhecer empreendimentos em outras localidades ou quando a pessoa deseja analisar um local sem sair de casa.

Além disso, há ainda a possibilidade de visitas presenciais com o apoio da realidade virtual. Nesse caso, o cliente usa os óculos e consegue imaginar o ambiente já mobiliado ou um imóvel construído quando ele está apenas na fase de projeto.

3 – Chatbots

Esses assistentes virtuais são ferramentas muito úteis que surgiram com o avanço da tecnologia e possibilitam o envio e a resposta de mensagens com automação inteligente.

Ao implementar um chatbot em sua imobiliária, você usa a inteligência artificial para conversar com os clientes simulando um atendimento com um ser humano. A ideia é implementar uma comunicação fluida e de qualidade, mas sem que sua equipe fique dedicada a essa tarefa.

Ou seja, você usa a tecnologia para atender e com foco no aumento da produtividade do time de vendas.

4 – QR Code

QR Code é um recurso muito fácil de ser aplicado e que não exige gastos para sua execução. Isso porque você pode aproveitar os materiais que já são produzidos pela imobiliária e apenas incluir o código.

Sendo assim, ele pode ser útil tanto para facilitar contatos como para receber informações sobre um imóvel. Basta que o cliente escaneie a imagem com a câmera do celular e seja direcionado à ação desejada.

É uma medida simples e que melhora a experiência do usuário antes mesmo de ele entrar em contato com a imobiliária.

Banner benefícios de utilizar o Vista CRM

5 – Inbound marketing

Você ainda faz apenas o tipo de contato ativo com o cliente? Essa ação só é interessante quando você sabe que a pessoa já está na fase de decisão de compra. Caso seja usado fora dessa etapa, o corretor é considerado invasivo e a imagem negativa recai sobre a imobiliária.

Para sair dessa lógica, sua empresa pode investir no inbound marketingEsse é um modo muito atrativo de atrair visitantes de forma orgânica.

Para aplicá-lo, é necessário conhecer seu público e oferecer materiais que possam sanar as principais dúvidas deles. Dessa forma, sua imobiliária começa um relacionamento com o lead de forma natural.

A partir daí, é necessário fazer a nutrição, oferecendo mais informações que possam ajudá-lo, até que ele se sinta pronto para fechar a compra com você.

6 – Redes sociais

As redes sociais vieram com as transformações digitais que fazem parte ativamente do futuro do mercado imobiliário e da rotina de corretores de imóveis.

As pessoas consomem conteúdo o tempo todo pelas redes sociais, então use-as no setor imobiliário para oferecer conteúdo de qualidade e apresentar sua marca. A partir dessas redes é possível trabalhar campanhas e materiais que ajudam você a converter seguidores em compradores.

Esteja sempre atento às formas de consumo do seu público e alinhe suas estratégias on-line a partir daí.

7 – Softwares de gestão

Existem softwares específicos para imobiliárias fundamentais para a gestão da empresa. Por meio deles, seu negócio tem maior controle dos processos rotineiros, assertividade nas tomadas de decisão e aumento da produtividade da equipe.

Eles entendem as necessidades do seu negócio e focam em melhorar a organização das etapas e processos.

Além disso, é possível ter um controle maior sobre o desempenho dos corretores e acompanhar as taxas de conversão por meio de relatórios de inteligência.

Bateu aquela dúvida na matéria que você leu? Deixe nos comentários que o Time Loft responde!

Tags

Deixe seu comentário

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.