Conheça os melhores bairros de Porto Alegre para morar

Compartilhar a notícia

A capital do Rio Grande do Sul reúne oportunidades de emprego, qualidade de vida e opções de lazer sem deixar de lado o clima de cidade tranquila e arborizada

14 de fevereiro de 2023

Autor Time Loft
Atualizado: 16 de outubro de 2023 14 min de leitura
bairros-porto-alegre-rs-vista-aerea

Os encantos da Região Sul do Brasil vão muito além do clima europeu e rica cultura. E Porto Alegre consegue agregar diferentes estilos sem perder a personalidade: entre o mar e a montanha, é boêmia e sossegada, urbana e arborizada, trabalhadora e divertida. Para cada gosto, um bairro. Mas, antes de escolher onde alugar ou comprar um imóvel em Porto Alegre, vale conhecer um pouco mais sobre a cidade.

Fundada oficialmente em 26 de março de 1772, a cidade conta com uma área total de 496,684 km² e soma duas características geográficas distintas: de um lado está o anel de morros graníticos com 730 milhões de anos que emoldura a região de planície onde está o centro urbano da cidade – o Morro Santana, com 311 m de altura, é o ponto mais alto. O segundo são os 44 km² de terra distribuídos em 16 ilhas do Lago Guaíba. O lago contorna a cidade, numa extensão de 70 km de orla fluvial e é a expressão geográfica mais marcante da capital gaúcha. Além disso, Porto Alegre também é capital dos Pampas – bioma caracterizado por extensas planícies que dominam a paisagem do Sul do Brasil e parte da Argentina e do Uruguai. 

Quantos habitantes tem Porto Alegre?

Porto Alegre tem uma população de 1.492.530 pessoas, segundo os dados do IBGE de 2021. A taxa de escolarização de crianças de 6 a 14 anos é de 96,6%. O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) da capital – que compara indicadores de itens como riqueza, alfabetização, educação, esperança de vida, natalidade e outros, com o intuito de avaliar o bem-estar de uma população – é de 0,805, o que coloca Porto Alegre em 28º no ranking de IDH de todas as cidades brasileiras, empatado com São Paulo e na frente de capitais como Goiânia e Rio de Janeiro. Ainda de acordo com dados do IBGE, o PIB per capita de Porto Alegre era de R$ 51.116,72 em 2020.

Custo de vida em Porto Alegre

Porto Alegre é uma das cidades com maior custo de vida do Brasil, ao lado de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Salvador. Para fazer o cálculo básico do custo de vida, é necessário levar em conta gastos como alimentação, roupas, transporte, moradia, cuidados pessoais e entretenimento. Segundo a calculadora de custo de vida Expatistan, o custo de vida para morar em Porto Alegre estimado para uma pessoa, por mês, é de R$ 5.469 em janeiro de 2023. Nesse valor, a passagem mensal para transporte público, por exemplo, somaria um gasto de R$ 224.

Em relação a moradia, o aluguel de um apartamento de 85 m² varia de R$ 3.692, em uma região nobre, a R$ 2.539 por mês. O valor do metro quadrado em Porto Alegre, segundo levantamento do Loft Dados de novembro de 2022, varia entre R$ 8,238, o mais caro, registrado no bairro de Três Figueiras, e R$ 6,060, o mais barato, registrado em Santana. 

Já a cesta básica na cidade em 2022 teve um aumento de quase R$ 100 entre o início e o fim do ano passado, segundo dados do DIEESE. Em dezembro, a média para compra dos 13 produtos básicos avaliados pelo índice foi de R$ 765,63 em Porto Alegre. O mesmo levantamento do departamento indicou que os consumidores porto-alegrenses comprometeram quase 70% do salário-mínimo em vigor (de R$ 1.212) para adquirir todos os itens da lista em 2022.

Anúncios

Mapa dos melhores bairros de Porto Alegre para morar

Melhores bairros de Porto Alegre (RS) para morar: Petrópolis, Santa Cecília, Rio Branco, Bela Vista, Três Figueiras, Jardim Europa, Auxiliadora, Moinhos de Vento, Independência, Montserrat.
Os melhores bairros de Porto Alegre para morar

Zonas de Porto Alegre

Porto Alegre é, hoje, uma das melhores cidades para morar no Brasil. Segundo o ranking Desafio da Gestão Municipal (DGM) de 2021, que reúne 15 indicados em quatro áreas essenciais para a qualidade de vida da população: educação, saúde, segurança e saneamento e sustentabilidade, Porto Alegre é a 10ª melhor capital do Brasil para morar. 

Segundo a prefeitura, a cidade é dividida em oito Regiões de Gestão do Planejamento (RGP), que englobam as 17 regiões do Orçamento Participativo (OP). Cada uma delas é constituída por um conjunto de bairros com afinidades entre si. São elas:

Região 01 (Centro)

Bairros Floresta, Centro Histórico, Auxiliadora, Moinhos de Vento, Independência, Bom Fim, Rio Branco, Mont’ Serrat, Bela Vista, Farroupilha, Santana, Petrópolis, Santa Cecília, Jardim Botânico, Praia de Belas, Cidade Baixa, Menino Deus e Azenha.

Região 2 (Humaitá/ Navegantes/ Ilhas e Noroeste)

Bairros Farrapos, Humaitá, Navegantes, São Geraldo, Anchieta, São João, Santa Maria Goretti, Higienópolis, Boa Vista, Passo D’Areia, Jardim São Pedro, Jardim Floresta, Cristo Redentor, Jardim Lindóia, São Sebastião, Vila Ipiranga, Jardim Itú, Jardim Europa e Arquipélago.

Região 03 (Norte e eixo Baltazar)

Bairros Sarandi, Rubem Berta, Passo das Pedras, Santa Rosa de Lima, Parque Santa Fé, Costa e Silva, Jardim Leopoldina e Jardim Itu.

Região 04 (Leste/ Nordeste)

Bairros Três Figueiras, Chácara das Pedras, Vila Jardim, Bom Jesus, Jardim do Salso, Jardim Carvalho, Mário Quintana, Jardim Sabará e Morro Santana.

Região 05 (Glória/ Cruzeiro e Cristal)

Bairros Cristal, Santa Tereza, Medianeira, Glória, Cascata e Belém Velho.

Região 06 (Centro-Sul e Sul)

Bairros Camaquã, Cavalhada, Nonoai, Teresópolis, Vila Nova, Vila Assunção, Tristeza, Vila Conceição, Pedra Redonda, Ipanema, Espírito Santo, Guarujá, Serraria, Hípica, Campo Novo, Jardim Isabel, Aberta dos Morros e Sétimo Céu.

Região 07 (Lomba do Pinheiro/ Partenon)

Bairros Santo Antônio, Partenon, Aparício Borges, Vila João Pessoa, São José, Lomba do Pinheiro, Agronomia, Morro Santana e Pitinga.

Região 08 (Restinga/ Extremo-Sul)

Bairros Restinga, Ponta Grossa, Belém Novo, Lageado, Lami, Chapéu do Sol, Extrema, Boa Vista do Sul, Pitinga, São Caetano e Hípica.

Ponte de Pedra, no Largo dos Açorianos, na Cidade Baixa - bairro de Porto Alegre (RS)
Ponte de Pedra, no Largo dos Açorianos, na Cidade Baixa: uma das muitas áreas verdes de Porto Alegre. Crédito: ThiagoSantos / Shutterstock.com

Melhores bairros de Porto Alegre

Mont’Serrat

Morar no Mont’Serrat é querer viver em uma zona residencial e tranquila, com muitas ruas arborizadas e uma sensação de equilíbrio e melhor qualidade de vida. Isso sem abrir mão de ótima infraestrutura de serviços e lazer – são várias as opções de supermercados, farmácias, restaurantes e escolas, em especial próximo à Rua Anita Garibaldi, além de bares e restaurantes como o Public Market e o Bendita Horta.

O bairro nobre é também um dos locais com imóveis mais valorizados da cidade. Com valor médio do metro quadrado entre R$ 7,386, segundo levantamento do Loft Dados, o local concentra os prédios mais novos da cidade – e, por estar localizado numa parte alta da cidade, garante uma boa vista da cidade nos andares mais altos. O preço de um apartamento no bairro de Mont’Serrat pode variar entre R$ 150 mil (studio de 23 m²) e R$ 10,8 milhões (cobertura de 617 m²). 

Santa Cecília

Localizado ao lado dos bairros Cidade Baixa e de Petrópolis, Santa Cecília é conhecido como o “bairro compacto” de Porto Alegre: possui uma área de apenas 0,6 km² e é uma zona maioritariamente residencial que se desenvolveu ao redor da Igreja de Santa Cecília, erguida em 1943, e só virou bairro oficialmente em 1959.

Mas morar na Santa Cecília é também estar perto de pontos importantes da cidade, como o Parque Farroupilha, as faculdades da área de Saúde da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e o Hospital das Clínicas. E, mesmo pequeno, o bairro tem suas delícias gourmet, como o Pampa Burguer, especializado em hambúrgueres gourmet e outros grelhados.

Um apartamento na Santa Cecília custa entre R$ 150 mil e 1,9 mi, segundo a Loft. Já o valor médio da taxa de condomínio no bairro é de R$5,75 por m².

Bela Vista

Morar no Bela Vista, um dos bairros nobres de Porto Alegre, é apostar em viver numa das partes mais altas da cidade, com vista privilegiada e ruas arborizadas, e também contar com dezenas de opções de lazer, gastronomia e serviços: lá, os moradores podem aproveitar as delícias do Oh Brüder Café e da Jean Pierre Pâtisserie, curtir a noite na Provocateur Porto Alegre – que tem uma unidade em Nova York – ou passear pelas Praças Carlos Simão Arnt, Bela Vista e Gustavo Langsch. 

O bairro tem o segundo metro quadrado mais caro de Porto Alegre: R$ 7,774, de acordo com levantamento do Loft Dados. Também ocupa o segundo lugar entre os condomínios mais caros de Porto Alegre, com a taxa custando cerca de R$ 7,53 por metro quadrado nos apartamentos dos bairro, atrás apenas do Jardim Europa.

Auxiliadora

O bairro Auxiliadora é um excelente resumo do que é Porto Alegre: uma mistura de agito e tranquilidade perto da região central da cidade, ao lado do Moinhos de Vento e Higienópolis. Cortado por vias que garantem fácil acesso às demais regiões da cidade, o bairro surgiu ao redor da Capela de Nossa Senhora Auxiliadora, construída em 1916. Hoje, é o local preferido pelas classes média-alta e alta da cidade, com vários imóveis de alto padrão em ruas tranquilas.

Alguns dos pontos de interesse do bairro são o Centro Cultural 25 de Julho, os restaurantes Prinz (alemão), Bacalhau do Porto (português) e Muju (francês), além do Porto Alegre Comedy Club e do bar Dry Moments & Drinks. Opções de gastronomia e lazer para todos os gostos. 

O preço de um imóvel em Auxiliadora varia entre R$ 130 mil e R$ 4 milhões. Segundo levantamento do Loft Dados, o metro quadrado no bairro vale R$ 6,071 – o segundo mais barato da cidade.

Jardim Europa

Um dos principais bairros nobres de Porto Alegre, o Jardim Europa é um dos bairros mais recentes da cidade. Criado em 2015 pela prefeitura junto a outros 14 novos bairros, concentra prédios de alto padrão e centros de lazer e entretenimento como Shopping Iguatemi, Bourbon Country e do VivaOpen Mall. É no bairro que está localizado o Parque Germânia – antigo Parque Alemanha, é uma das principais áreas verdes da cidade. Em seus 15,11 hectares de extensão estão um lago, quadras de tênis, de basquete e de futebol e uma área de proteção da vegetação nativa.

O metro quadrado no bairro é o terceiro maior de Porto Alegre: R$ 7,738. A média de valor dos imóveis no Jardim Europa está entre R$ 830 mil a R$ 4,2 milhões, e as taxas de condomínio variam entre R$ 630 e R$ 2 mil, dependendo da estrutura oferecida por cada edifício.

Independência

O bairro é casa de alguns dos mais importantes pontos turísticos da capital gaúcha. Pelas ruas do local, próximo ao Centro Histórico, é possível desfrutar da Casa de Teatro de Porto Alegre, os teatros Instituto Goethe e OSPA, e o shopping 5ª Avenida Center. Por falar em rua, é no bairro que se encontra a famosa Rua Gonçalo de Carvalho, apelidada como “a rua mais bonita do mundo” e decretada Patrimônio Histórico, Cultural, Ecológico e Ambiental do município. O local virou febre na internet e agora é parada obrigatória de quem visita a cidade e quer fotografar a via, coberta por árvores que formam um lindo corredor.

Além das opções de lazer, o bairro conta com ampla infraestrutura de serviços, como os hospitais Beneficência Portuguesa e Presidente Vargas, além de praças e da Igreja de Nossa Senhora da Conceição, também tombada pela prefeitura de Porto Alegre. Um imóvel no bairro Independência pode custar entre R$ 125 mil e R$ 17,8 milhões. 

Rua Gonçalo de Carvalho, apelidada como “a rua mais bonita do mundo” e decretada Patrimônio Histórico, Cultural, Ecológico e Ambiental de Porto Alegre, especialmente por causa das árvores
A “Rua mais bonita do mundo” fica em Porto Alegre, no bairro Independência. Crédito: Victor Hugo K F / Shutterstock.com

Moinhos de Vento

O bairro Moinhos de Vento é lar de um dos principais parques de Porto Alegre: o Parque Moinhos de Vento, conhecido como Parcão, colabora para que esse seja um dos locais mais arborizados da cidade: tem 115 mil metros quadrados de área verde, além de quadras de futebol, tênis, vôlei e aparelhos de ginástica, biblioteca infantil e equipamentos de recreação artesanais. 

Para quem prefere lazer e serviços em lugares fechados, o Moinhos Shopping conta com mais de 100 lojas, restaurantes e salas de cinemas para os moradores da região. Se prefere compras ao ar livre, a Rua Padre Chagas é cheia de lojas charmosas. Já a Rua 24 de Outubro reúne serviços como farmácias, bancos e é uma importante via de acessos a outros bairros.

O valor médio do metro quadrado no bairro é R$ 7,485, o 5º mais caro da cidade. Um apartamento no Moinhos de Vento pode custar entre R$ 170 mil e chegar até R$ 20 milhões.

Petrópolis

Localizado na zona norte da cidade, Petrópolis é um dos bairros preferidos por famílias com crianças. Isso por conta de suas muitas opções de praças, abundância de árvores e proximidade com o Jardim Botânico. O bairro, um dos mais valorizados da cidade, também fica perto do centro de Porto Alegre. 

O bairro já foi lar de personalidades ilustres da cultura brasileira como Érico Veríssimo, Luis Fernando Veríssimo e Martha Medeiros e também abriga importantes instituições de ensino da capital gaúcha, como o Colégio Santa Inês e as Escolas Estaduais Florinda Tubino Sampaio, Prof. Leopoldo Tietbohl, Ivo Corseuil e Imperatriz Leopoldina, além de ficar a poucos minutos da PUC-RS, Unisinos e UFRS.

O valor médio do metro quadrado na região é de R$ 7,122. O valor de um apartamento na Santa Cecília pode variar de R$ 120 mil a R$ 9,5 milhões. Já o valor médio do condomínio é de R$6,62 por metro quadrado – um apartamento de 80 m² no bairro paga cerca de R$529,23 na taxa.

Rio Branco

Para quem quer contar com opções completas de infraestrutura e mobilidade, morar no Rio Branco é perfeito: o bairro concentra todos os serviços importantes para o dia a dia, como os colégios Unificado – Unidade Independência, Luterano Da Paz, Centro de Ensino Fundamental Projeto, Mundo dos Anjos, Centro Educacional Balão Azul e Escola Educacional Infantil Pirlimpimpim, além de dezenas de opções de bares, restaurantes, supermercados e farmácias.

O bairro também fica a poucos minutos a pé do Parque Redenção, um dos mais tradicionais de Porto Alegre e ótima opção para fazer exercícios ao ar livre. O metro quadrado de um imóvel no Rio Branco fica em torno de R$ 6,752, o 9º mais barato da capital gaúcha.

Três Figueiras

O bairro nobre lidera o levantamento do Loft Dados do metro quadrado mais caro de Porto Alegre: com valor de R$ 8,238, Três Figueiras é a única região da cidade onde o metro quadrado supera os R$ 8 mil. Essa valorização se dá pelas muitas qualidades do bairro: ruas tranquilas e arborizadas, mas próximas a regiões com boa oferta de serviços, como o Shopping Iguatemi, e sede de alguns dos colégios mais antigos da cidade, como o Farroupilha e o Anchieta – que possui o Museu de Ciências Naturais de Anchieta. O bairro também se liga a importantes vias da cidade como a Avenida Dr. Nilo Peçanha e a Avenida Carlos Gomes.

A maioria dos imóveis à venda em Três Figueiras custa acima de R$ 500 mil, podendo chegar a R$ 12,8 milhões. Quem opta pelo bairro conta também com 4 áreas verdes e 5 pontos importantes de serviços e de saúde, entre eles o Mãe de Deus Center e a Procuradoria Regional Federal da 4ª Região (PRF4). Os moradores podem usufruir de bons restaurantes da capital gaúcha a poucos passos de casa, como o Sushi by Cleber e o Le Bistrot Gourmet.

Colaboração de Karen Villerva

Bateu aquela dúvida na matéria que você leu? Deixe nos comentários que o Time Loft responde!

Tags

Comentários

carlos Sant Anna

Bom dia. Tenho duvidas qto a indicaçao dos melhores bairros para se viver em POA. Porque o JARDIM ISABEL, na Zona Sul nao foi mencionado. Tranquilo, limpo, seguro, absolutamente residencia, proximo a tristeza e ipanema, junto ao Rio, com escolas excelentes, serviços e restaurantes.Por fvr rever esta lista.

Deixe seu comentário

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.