Controle financeiro da imobiliária: como simplificar o processo?

Compartilhar a notícia

Saiba o que é o controle financeiro imobiliário e qual pode ser a solução ideal para simplificar essas tarefas.

09 de abril de 2024

Autor Time Loft
Atualizado: 11 de abril de 2024 5 min de leitura

controle financeiro de uma imobiliária é uma tarefa complexa para gestores e ao mesmo tempo vital para o sucesso do negócio. Os desafios no gerenciamento financeiro vão desde a gestão de comissões e cobranças até a manutenção do fluxo de caixa e o cumprimento das obrigações fiscais.

Dessa forma, as atividades acabam tomando tempo e recursos valiosos da equipe, além de exigir uma atenção minuciosa para evitar erros e prejuízos.

Por isso, a melhor saída é contar com um sistema financeiro para imobiliária eficiente para automatizar tarefas e fazer uma gestão inteligente da carteira de locação.

Neste artigo, a Loft apresenta o que é o controle financeiro imobiliário, as principais atividades desse setor e como pode ser a solução ideal para simplificar essas tarefas.

Confira!

O que é o controle financeiro?

O controle financeiro é um conjunto de práticas e processos adotados por uma imobiliária para gerenciar suas finanças de maneira eficiente. Assim, ele abrange desde a organização das receitas e despesas até a análise do fluxo de caixa, garantindo uma visão clara e estratégica do negócio.

Essa atividade envolve a gestão de diversos aspectos, como o controle de pagamentos, a emissão de boletos e notas fiscais, o acompanhamento de comissões e o gerenciamento de cobranças.

Além disso, o controle financeiro da imobiliária permite uma melhor previsibilidade de receitas e despesas, facilitando o planejamento estratégico e a tomada de decisões fundamentadas.

Dessa forma, esse controle se torna essencial para manter a saúde financeira da imobiliária e garantir seu crescimento sustentável.

Como funciona o financeiro de uma imobiliária?

A gestão financeira da imobiliária é responsável por gerenciar todas as transações financeiras relacionadas às operações da empresa. Assim, sua função principal é controlar o fluxo de caixa, registrando e monitorando as receitas e despesas.

Para tanto, a atividade envolve o acompanhamento diário das entradas e saídas de dinheiro para garantir que a imobiliária tenha recursos suficientes para cobrir suas obrigações financeiras. 

Além disso, o setor financeiro é responsável pela gestão dos investimentos da imobiliária, analisando novas oportunidades e monitorando as já existentes.

Outra responsabilidade do setor financeiro é cuidar dos financiamentos da imobiliária. Isso envolve o planejamento e a negociação de empréstimos e linhas de crédito, avaliando as necessidades de financiamento da empresa e buscando as melhores condições de crédito disponíveis.

Ou seja, o controle financeiro da imobiliária garante o bom fluxo de caixa, registra e monitora as receitas e despesas, gerencia os investimentos e cuida dos financiamentos da empresa.

Principais atividades do setor

  • Gerenciar comissões;
  • Fazer a gestão de cobrança;
  • Manter o fluxo de caixa atualizado;
  • Receber aluguéis;
  • Emitir boleto bancário, recibo de pagamento e nota fiscal;
  • Repassar o valor do aluguel aos proprietários;
  • Realizar o pagamento de seguros;
  • Cumprir com as garantias locatícias;
  • Verificar contas;
  • Fazer a conciliação bancária;
  • Aplicar reajustes automáticos;
  • Ter uma previsão de despesas;
  • Cuidar dos índices de lucratividade; 
  • Evitar a inadimplência.

Como fazer o controle financeiro da imobiliária da forma tradicional?

Realizar o controle financeiro de uma imobiliária de forma tradicional envolve um processo complexo e muitas vezes burocrático.

Geralmente, é necessário recorrer a planilhas e documentos físicos para registrar e acompanhar as atividades financeiras.

Isso significa manter o controle financeiro empresarial inserindo manualmente os dados e atualizando constantemente as informações. Além disso, requer o uso de uma série de sistemas separados para gerir diferentes aspectos, como emissão de boletos, controle de comissões e cobranças, conciliação bancária e gestão de recebimentos e pagamentos.

Quem opta por seguir esse modelo tradicional pode ter prejuízos como perda de tempo e de recursos e aumento da probabilidade de erros.

Dessa forma, o gestor pode enfrentar grandes dificuldades na obtenção de uma visão abrangente e integrada das finanças da imobiliária.

Como simplificar processos financeiros em um só passo?

O controle financeiro da imobiliária pode ser simplificado com o apoio da tecnologia.

Contratando o Vista Office, é possível agilizar todos os processos financeiros da sua imobiliária de forma rápida e eficiente. O software de gestão de locação centraliza todas as atividades financeiras em um único lugar, eliminando a necessidade de lidar com planilhas complexas e dados desatualizados.

A solução permite uma gestão completa e prática desde o gerenciamento de comissões até a conciliação bancária, a emissão de boletos e o controle de inadimplência. Com isso, sua equipe pode focar em questões estratégicas e deixar a tecnologia trabalhar em favor do crescimento do seu negócio.

Benefícios de usar um sistema financeiro para imobiliária

  • Automatização de processos;
  • Integração de módulos administrativos e financeiros;
  • Centralização de informações;
  • Acompanhamento de receitas e despesas em tempo real;
  • Geração de relatórios precisos;
  • Gestão eficiente de cobranças e inadimplência;
  • Otimização do tempo e produtividade.

Bateu aquela dúvida na matéria que você leu? Deixe nos comentários que o Time Loft responde!

Deixe seu comentário

Veja também

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.