Como anunciar seu apartamento para vender mais rápido

Compartilhar a notícia

Quer vender um apartamento mas não sabe por onde começar? Veja aqui algumas dicas para vender rapidamente ao deixar seu anúncio mais atrativo

03 de junho de 2022

Atualizado: 23 de junho de 2022 7 min de leitura
sala de apartamento co paredes pintadas de cor de rosa, quadros e sofá

As plataformas digitais vieram para revolucionar o mercado imobiliário e facilitar a vida de quem busca o imóvel dos sonhos para comprar.

Por outro lado, nem sempre é rápido vender um apartamento. Uma pesquisa do departamento de vendas da Loft em 2021 mostrou que um terço dos vendedores está desmotivado. A grande queixa é a demora para fechar uma venda. Muitas vezes um anúncio mal planejado é a pedra no caminho desse cliente.

Por isso, elaboramos essa lista com algumas dicas para agilizar a venda do seu imóvel. Veja abaixo:

Fotos

As fotos do anúncio são a vitrine que vai atrair o comprador. Crédito da image: Fly
As fotos do anúncio são a vitrine que vai atrair o comprador. Foto Fly

"A grande vitrine são as fotos. As pessoas compram com os olhos e, se não tiver uma boa vitrine, a gente não consegue encontrar comprador. A foto é a alma do negócio para criar esse interesse no cliente", explica Naty Carnaval, gerente de Relacionamento com o Vendedor da Loft.

"A foto de capa é super importante, porque é um chamariz. Precisa ser uma foto da sala que introduza a visão do apartamento e dê uma amplitude interessante para aquele imóvel", diz Naty.

gif - Sem pessoas! Não pode aparecer ninguém nas fotos do anúncio (crédito: Fly)
Sem pessoas! Não pode aparecer ninguém nas fotos do anúncio. Foto: Fly

Dicas para as fotos

  • Variedade: é bom ter uma sequência de, pelo menos, 20 fotos com os cômodos da casa e as áreas comuns do prédio;
  • Iluminação: ninguém quer um apartamento escuro. Tire as fotos de manhã e acenda as luzes;
  • Organização: nada de bagunça! Papéis sobre a mesa, roupa no varal, cama desarrumada, louça suja ou brinquedos espalhados passam uma sensação ruim para o comprador. Deixe para tirar as fotos em um dia em que a casa estiver limpa e organizada;
    Impessoalidade: não pode ter ninguém nas fotos! Se possível, evite deixar fotos, objetos pessoais ou objetos religiosos à vista. Itens médicos, como camas hospitalares, não podem aparecer. E cuidado com os espelhos!
  • Condomínio: imagens da piscina, da academia, da fachada do prédio e da garagem ajudam o comprador a entender como é aquele condomínio. E aqui tem que ser foto mesmo, não vale usar aqueles projetos em 3D que a incorporadora usa no material de divulgação. Cuidado, também, para não mostrar o rosto ou a placa do carro de algum vizinho;
  • Qualidade: se possível, chame um fotógrafo. As fotos profissionais têm mais relevância no portal e, com isso, o anúncio acaba tendo mais visualizações. Mas as imagens amadoras também são aceitas, desde que sigam os critérios acima.
Fotos de cachorro chamam a atenção no anúncio, mas cuidado para não exagerar! (imagem: Shutterstock)
Fotos de pet chamam a atenção no anúncio, mas cuidado para não exagerar! Foto: Shutterstock

Uma curiosidade: fotos com animais de estimação tendem a ter mais acesso. Então o pet pode aparecer, mas sem exageros.

"A gente não gostaria que todas as fotos tivessem bichinho, porque senão parece que é uma plataforma de vendas de bicho. Pode tirar o foco do imóvel", avisa Naty.

Anúncio bem escrito

Assim como as fotos, o texto do anúncio precisa contar uma história e ser claro e informativo, afinal quem está buscando um apartamento quer ter o máximo de informações possível.

"Trazer na descrição também um pouco mais de humanização. Fazer com que o cliente entenda como é esse bairro, o que tem de interessante. Um roteiro com começo, meio e fim", orienta Naty.

Algumas informações são fundamentais

  • Tamanho: é preciso deixar claro quantos metros quadrados o apartamento tem de área privativa, ou seja, quanto mede a área interna. A área externa não entra nessa conta;
  • Assinatura: conte para o interessado se o apartamento foi assinado por um arquiteto ou designer de interiores;
  • Amenidades: explique as facilidades que o bairro oferece e qual é a distância até elas. Metrô, parques, escolas e praias são algumas das atrações que podem conquistar o interessado;
  • Posição: qual a posição do imóvel no prédio? Ele fica de frente ou tem uma vista emparedada? Aqui também cabe dizer se o apartamento está em um andar alto ou se tem uma vista agradável;
  • Garagem: quantas vagas de garagem o apartamento tem? O estacionamento é um fator importante para o comprador, que também quer saber se a garagem é coberta e se as vagas no condomínio são fixas;
  • Iluminação: o apartamento recebe o sol da manhã ou o sol da tarde. Essa informação pode ser decisiva, principalmente em cidades mais quentes;
  • Despesas: não deixe de informar o valor do IPTU e do condomínio do apartamento.

E sempre seja verdadeiro!

Piscina é o grande atrativo das áreas comuns, não pode faltar no anúncio (imagem: Loft)
Piscina é o grande atrativo das áreas comuns, não pode faltar no anúncio. Foto: Loft

"É super importante a transparência para o comprador. Logo no anúncio, ele precisa entender os prós e contras. Até porque provavelmente vai fazer uma visita antes de comprar esse imóvel. E tudo que for surpresa vai ser ruim", alerta a gerente da Loft.

Coloque um preço justo no apartamento

E falando em informação verdadeira, o preço também precisa ser real. Por mais que o vendedor queira valorizar o imóvel, ele só vai ser vendido se o valor do metro quadrado estiver adequado para aquele bairro.

"É um ponto em que a gente tem batido bastante. Porque muitos proprietários querem trabalhar com o preço num valor emocional, especulando um pouco o mercado", lembra Naty Carnaval.

Também é preciso considerar que há carência de informações públicas disponíveis que ajudem o vendedor a definir melhor o preço do seu imóvel. Estudos da Loft mostram que pode passar de 30% a diferença média entre os valores anunciados dos imóveis em relação aos preços efetivamente transacionados em bairros de São Paulo e do Rio de Janeiro.

A Loft tem uma ferramenta de avaliação de imóveis para ajudar a chegar ao valor de mercado do apartamento, sem especulação.

É importante manter o anúncio sempre atualizado. Informe sempre na plataforma sobre mudanças no preço, reformas no apartamento ou no prédio e se o imóvel está alugado.

Cuidados com a privacidade dos vizinhos: evite postar fotos com placas de carro no anúncio (imagem: Loft)
Cuidados com a privacidade dos vizinhos: evite postar fotos com placas de carro no anúncio. Foto: Loft

Agenda de visitas livre

Quanto mais visitas o imóvel receber, maior a chance de ser vendido rapidamente.

"É importante que ele deixe essa agenda o mais aberta possível para que receba mais visitas, porque quanto mais visitas, mais possibilidades de negociação", explica a gerente da Loft.

A sugestão é a disponibilidade de 20 horas durante a semana e, pelo menos, uma hora no fim de semana. E evite cancelar as visitas. Os cancelamentos podem fazer o anúncio perder relevância na plataforma e aparecer menos para os compradores.

E para receber os interessados no apartamento, a lógica é a mesma das fotos: sem bagunça! Deixe o imóvel fresco e agradável. Para isso vale abrir as janelas ou ligar o ar condicionado, tirar o lixo e até colocar um aromatizador no banheiro.

"Sabe aquele dia posterior à faxina, em que a casa está bem clean e organizada? É assim que tem que estar no dia da visita. Tem que deixar a casa super nos trinques", encerra Naty.

Gostou das dicas? Então veja mudanças sem obra para melhorar seu imóvel e também como cadastrar seu apartamento para vender na Loft.

Repórter de Economia do Portal Loft. Jornalista formada pela ECA-USP com passagens pela TV Globo, Record, Band, SBT (onde trabalhou por nove anos como repórter) e CNN Brasil. Fez especialização em Jornalismo Literário pela ABJL e em Roteiro pela EICTV-Cuba. Foi finalista do Prêmio Esso de Jornalismo em 2012.

Veja também

lavanderia dentro armario sala estar marcenaria

Morar com estilo

24 de junho de 2022

Inspiração: A lavanderia deste apê fica dentro do armário da sala de estar

plantas apartamento sala vaso pleomele

Morar com estilo

23 de junho de 2022

Plantas e folhagens para apartamento: 10 opções para você cultivar

SBPE Sistema Brasileiro de Poupanca e Emprestimo

Mercado imobiliário

22 de junho de 2022

SBPE: saiba o que é e para quem vale a pena

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.