Lapa: conheça esse badalado bairro do Rio de Janeiro!

Compartilhar a notícia

Você conhece o bairro da Lapa, no Rio de Janeiro? Saiba informações importantes sobre essa região boêmia e histórica da capital carioca!

10 de abril de 2023

Autor Time Loft
Atualizado: 28 de agosto de 2023 11 min de leitura
Lapa conheça esse badalado bairro do Rio de Janeiro

A Lapa é um bairro tradicional e histórico da cidade do Rio de Janeiro, localizado na região central da cidade. Ela é conhecida por sua atividade noturna badalada, com diversos bares, restaurantes e casas de show.

Além disso, a Lapa é um dos polos culturais da cidade, abrigando teatros, cinemas e uma das construções históricas mais marcantes, o famoso Arcos da Lapa. Apesar da grande movimentação, o bairro também é residencial, com uma grande variedade de imóveis, como prédios históricos e condomínios com apartamentos de luxo.

Quer saber mais sobre a região da Lapa, tão relevante para o Rio de Janeiro? Então continue a leitura e confira detalhes sobre esse bairro!

O que é preciso entender sobre a cidade do Rio de Janeiro?

Antes de aprender sobre o bairro da Lapa, é válido saber mais em relação à cidade do Rio de Janeiro, também conhecida como Cidade Maravilhosa. A capital do estado de mesmo nome recebe esse apelido por apresentar belezas naturais e uma das sete maravilhas do mundo, o Cristo Redentor.

História

A história da cidade do Rio de Janeiro começa no século XVI, quando os portugueses chegaram à região. Porém, os primeiros habitantes do local foram os índios tupinambás, que viviam em aldeias ao longo da costa.

A cidade foi fundada em 1° de março de 1565, quando Estácio de Sá nomeou a localidade como São Sebastião do Rio de Janeiro. No entanto, em 1502, o navegador português Gaspar de Lemos já havia chegado ao local em uma expedição, reconhecendo onde hoje é a Baía de Guanabara.

Durante o período colonial, o Rio de Janeiro foi um importante porto de exportação de ouro e diamantes para a Europa, o que contribuiu para o crescimento econômico da cidade. Então, em 1763, a cidade recebeu o título de capital do Brasil, que antes era de Salvador, na Bahia.

Já em 1808, com a chegada da família real portuguesa ao Brasil, o Rio de Janeiro começou a ser também a sede do Governo português no país. Por conta disso, a cidade passou por urbanizações, como a abertura da Avenida Central — que é a atual Avenida Rio Branco — e a construção de edifícios públicos, como o Teatro Municipal.

Mesmo com a Proclamação da República, em 1889, o Rio de Janeiro continuou como a capital do Brasil. No entanto, na década de 1960, a capital federal foi transferida para Brasília.

Anúncios

Atrações

A cidade do Rio de Janeiro é conhecida por suas belezas naturais, como as praias de Copacabana e Ipanema e o Pão de Açúcar. Ela também apresenta atrações turísticas famosas no mundo inteiro, como o Cristo Redentor, o Jardim Botânico e o Museu do Amanhã.

Também vale destacar a sua cultura, que envolve música, dança, arte e gastronomia, com influências africanas, europeias e indígenas. Outro destaque é o Carnaval do Rio de Janeiro, que é uma das maiores festas do mundo, atraindo milhões de visitantes todos os anos.

Desafios

Assim como outras grandes cidades, o Rio de Janeiro também enfrenta desafios, como altas taxas de criminalidade e desigualdade social. Apesar disso, o local continua a encantar visitantes de todo o mundo e atrair pessoas interessadas em morar na região.

Qual é a história da Lapa?

Agora que você sabe mais sobre o Rio de Janeiro, é o momento de descobrir a história da Lapa, que é um dos bairros mais badalados da cidade. Ainda no século XVIII, o local era uma área de plantações de cana-de-açúcar.

Entretanto, no início do século XIX, a Lapa começou a desenvolver o seu comércio e a sua mobilidade, com a construção de pontes que ligavam a região ao centro da cidade. Com o passar do tempo, a partir dos anos 1920, o bairro passou a ser conhecido como um reduto da boemia carioca.

Nessa época, havia alguns dos estabelecimentos mais famosos na região, como o Bar Brasil, o Bar Lagoa, o Cine Ideal e o Teatro João Caetano. Nesse cenário, o bairro começou a contar com a presença de grandes artistas, como Carmem Miranda e Francisco Alves.

Contudo, com a criação de outros centros de lazer na cidade, a partir dos anos de 1950, a Lapa começou a perder sua relevância como local de entretenimento. Já nos anos 1990, o local passou por revitalização, com a restauração de seus prédios históricos e a abertura de novos estabelecimentos.

Dessa maneira, a Lapa voltou a ser um dos principais pontos turísticos do Rio de Janeiro, conhecida por sua vida noturna agitada que contempla a cultura e a boemia.

Qual é o principal ponto turístico da Lapa?

Ao pesquisar mais sobre o bairro, é possível que você encontre referências aos Arcos da Lapa, também conhecidos como Aqueduto da Carioca. Afinal, essa imponente obra é o principal ponto turístico e símbolo da região.

Inaugurado no século XVIII, a construção teve como objetivo principal fornecer água potável para a população da cidade. Então, por meio de canais e tubulações que eram sustentadas pelos arcos, a água foi captada na região da Floresta da Tijuca e conduzida até a cidade.

Atualmente, os arcos são usados ​​como viaduto para a passagem de veículos e trens que circulam na região central do Rio de Janeiro. Além disso, a região ao redor do aqueduto é muito visitada pelos frequentadores de bares e restaurantes.

Também vale destacar que os Arcos da Lapa são especialmente movimentados durante o carnaval, quando a área é utilizada como palco para desfiles de blocos de rua.

Como chegar na Lapa?

Após saber mais sobre o bairro, também é interessante entender como chegar na Lapa. Se a sua intenção é utilizar um carro particular, é possível seguir pelo Aterro do Flamengo, onde há placas indicativas para os Arcos da Lapa.

Caso seja necessário, você pode usar aplicativos de mapas para chegar até o local. No entanto, cabe ressaltar que a Lapa é uma área muito movimentada e pode ser difícil encontrar estacionamento na região. Mas, geralmente, há como estacionar próximo à Catedral Metropolitana.

Agora, se a sua proposta é ir de transporte público, há estação de metrô e linhas de ônibus disponíveis. No primeiro caso, basta pegar o metrô em qualquer ponto para descer na Cinelândia.

Já no segundo, vale saber que existem diversas opções de ônibus que passam pela Lapa, dependendo da sua localização. Como as linhas e os horários podem mudar, é preciso consultar o aplicativo ônibus.rio para encontrar o melhor itinerário para você.

O que fazer na Lapa?

Como você viu, a Lapa é um bairro para quem gosta de diversão, especialmente relacionados a bares e shows, bem como visitar pontos históricos. Por isso, é possível ter programação tanto para passear de dia quanto para curtir à noite.

Veja o que fazer na Lapa!

Escadaria Selarón

A Escadaria Selarón é um famoso conjunto de escadas que liga a Lapa ao Bairro de Santa Tereza. Ela foi criada pelo artista chileno Jorge Selarón, que começou a reformá-la em 1990 como uma homenagem ao povo brasileiro.

As escadas são cobertas por mais de 2 mil pedaços de azulejos e cerâmicas de cores vivas, muitas das quais foram coletadas por Selarón em outras cidades e países. Assim, a arte das escadas é uma mistura da cultura brasileira e chilena, além de ter muitas referências à vida pessoal do artista.

Por conta de sua beleza, a Escadaria Selarón é uma atração turística popular no Rio de Janeiro e apareceu em diversos filmes e videoclipes de artistas reconhecidos mundialmente, como Snoop Dogg e a banda U2.

Por isso, se você for à Lapa, não pode deixar de visitar o local e tirar fotos em um dos principais cartões postais da cidade. Aqui, a dica é aproveitar a parte da manhã para conseguir fotos mais interessantes. Isso porque a escadaria costuma receber muitos visitantes, gerando dificuldade para a visitação nos horários de pico.

Sala Cecília Meireles

A Sala Cecília Meireles é um espaço para concertos localizado em uma construção histórica tombada. Ela é projetada para receber apresentações de música de câmara, que é um tipo de estilo erudito.

Porém, na prática, é possível contemplar shows de diversos gêneros musicais, incluindo música popular brasileira, jazz e música contemporânea. Ainda, local promove cursos, oficinas e workshops voltados para a formação musical, sendo considerado um dos principais espaços culturais do país.

Vale saber que o local recebe esse nome em homenagem à Cecília Meireles, que foi uma das mais importantes poetisas brasileiras do século XX, além de escritora e educadora. Ademais, ela era envolvida com ativismo político e causas sociais, apoiando os direitos das mulheres e das minorias.   

Arcos da Lapa

Os Arcos da Lapa estão localizados perto de diversos pontos turísticos, incluindo a Escadaria Selarón e a igreja Nossa Senhora da Lapa dos Mercadores. Eles são frequentemente usados ​​como um local para eventos culturais, como concertos, festivais e desfiles, e ponto de encontro.

Isso porque em seus arredores é possível encontrar diversidade de bares e restaurantes, além de barraquinhas de comidas de boteco e lanches. Por essa razão, o local está sempre cheio de visitantes.

Circo Voador

O Circo Voador é uma famosa casa de shows, inaugurada em 1982. Desde então, ele se tornou um icônico centro cultural da cidade, sendo conhecido por sua atmosfera vibrante e eclética, bem como por seu compromisso em promover a cultura e a música.

O local tem uma estrutura interessante, em forma de tenda de circo. Por esse motivo, ele recebeu esse nome. Ao longo dos anos, o Circo Voador já recebeu diversas apresentações de alguns dos músicos mais famosos do Brasil e do mundo. Entre os artistas internacionais que já se apresentaram estão: Nirvana, Red Hot Chili Peppers e Foo Fighters.

Além disso, o espaço oferece aulas de dança e de arte circense, como o tecido acrobático. Sendo assim, ao visitar o local, você pode tanto curtir os shows quanto participar de aulas experimentais de circo, por exemplo.

Fundição Progresso

A Fundição Progresso também é uma conhecida casa de shows, fundada ainda na década de 1982 por dois músicos: João Araújo e Paulinho da Viola. Os artistas tinham como objetivo criar um espaço onde as pessoas pudessem ouvir música ao vivo em um ambiente descontraído e informal.

Desde então, a Fundição Progresso se tornou um dos mais importantes centros culturais do Rio de Janeiro. Ela já recebeu muitos músicos brasileiros importantes ao longo dos anos, incluindo Caetano Veloso, Gilberto Gil, Chico Buarque e Jorge Ben Jor.

Ademais, artistas internacionais como, The Black Eyed Peas, Björk e The Roots, se apresentaram no local. Vale ressaltar que, além de shows de música, a Fundição Progresso recebe apresentações teatrais, exibições de filmes, exposições de arte e outros eventos culturais.

Bares da Lapa

Ao longo deste artigo, você descobriu que a Lapa é um lugar boêmio, com bares que contemplam a boa música, cultura e gastronomia típica. Portanto, eles são espaços que devem participar do roteiro dos visitantes que apreciam esse tipo de ambiente.

A seguir, confira uma lista de bares que você pode visitar na Lapa:

  • Arco-íris da Lapa;
  • Leviano Bar;
  • Bar da Cachaça;
  • Lapa 40 Graus;
  • Rio Scenarium;
  • Carioca da Gema;
  • Bar Brasil.

Samba na Lapa

Embora a Lapa tenha diversidade cultural, apresentando músicas de diversos gêneros, o samba na praça é uma atração à parte. No local, diversos grupos musicais se apresentam, enquanto as pessoas dançam o samba e o pagode.

Dessa maneira, mesmo que esse estilo de música não seja o seu preferido, vale a pena visitar o samba da Lapa para experimentar o clima carioca, que é divertido e descontraído.

Neste post, você descobriu a história da Lapa na cidade do Rio de Janeiro e conferiu quais são as atrações turísticas do local. Agora, basta seguir as dicas para fazer uma visita ou, até mesmo, se mudar para o bairro boêmio e encantador!

Quer entender como a Loft pode ajudar a encontrar o imóveis na Lapa para você e sua família na Lapa ou em outra localidade?

Bateu aquela dúvida na matéria que você leu? Deixe nos comentários que o Time Loft responde!

Tags

Deixe seu comentário

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.