Apartamento garden: como decorar a área externa

Compartilhar a notícia

De patinho feio a destaque no mercado imobiliário, apartamentos com área extra, no térreo ou primeiro andar, permitem aos moradores exclusividade e espaço a céu aberto. Há inúmeras possibilidades para decorar esse ambiente, basta usar a criatividade

23 de maio de 2022

Atualizado: 24 de junho de 2022 7 min de leitura
piscina gradil jardim apartamento garden madeira

Colaboração de Marcela Guimarães

Morar em prédio, usufruindo da segurança e lazer de um condomínio, mas com jeitinho de casa. Esse é um desejo comum entre moradores de metrópoles, onde espaços verdes privativos são escassos e caros. Mas construtoras e incorporadoras criaram uma maneira de realizar este sonho e ainda tornarem as unidades térreas mais atrativas: o espaço garden. 

Vantagens de morar em um apartamento garden

Os apartamentos construídos no primeiro pavimento deixaram de ser o patinho feio e o mais barato do condomínio - pela falta de vista e maior proximidade da rua - e ganharam destaque, rebatizados de “apartamento garden''. Essas unidades atraem moradores que buscam um quê de exclusividade.

Entre as vantagens estão a possibilidade de  extensão da metragem utilizável e um ambiente a céu aberto, que trazem uma sensação de quintal. Assim como sugere o nome, o espaço garden é lugar adequado para as plantas. Pode-se criar um jardim de contemplação - com folhagens, pedras ornamentais e flores - ou um espaço específico para a jardinagem, com vasos de cultivo. “Afinal de contas, nas grandes cidades, principalmente na pandemia, a jardinagem ganhou vários adeptos. Passamos mais tempo em casa e esse se tornou um hobby saudável”, diz a designer de interiores Manu Jordão, de São Paulo.

Abuse das plantas na decoração

Para não perder metragem e espaço de circulação com vasos grandes, a designer indica o uso das paredes, cercas e muros para colocar a vegetação, no formato de jardim vertical natural. Ainda na pegada verde, o jardim pode funcionar como um espaço zen. Incluindo fontes de água, lugares confortáveis para sentar, plantas medicinais e objetos que tragam paz, o ambiente vira um refúgio, uma espécie de portal entre a vida urbana e a natureza, ideal para aliviar o estresse.  

jardim vertical piscina apartamento garden
O jardim vertical traz o verde como cenário para a piscina do garden. Foto: Manu Jordão

“Se você quiser criar um oásis para relaxamento, uma boa dica é investir no piso, usando materiais que promovam diferentes sensações, como pedrisco ou seixo rolado (aquelas pedras arredondadas, que costumam ser fragmentos de mineral ou de rocha). Caminhar sobre esses pisos massageia os pés”, explica Manu Jordão. Neste caso, se o piso entregue pela construtora for um piso frio próprio para área externa, basta aplicar as pedras por cima, com o material adequado. Se a área for de terra, drenável, aí é necessário fazer uma manta de bidim, para evitar que a terra suba e suje as pedras, explica a designer. 

“Plantas se movem com o vento e dão vida à paisagem também ficam interessantes nesse espaço. A instalação de um ofurô ou de uma hidromassagem, complementada por um deck de madeira, traz muito conforto também para este espaço.” Nesse caso, é preciso observar os dutos de água, saídas de esgoto e necessidade de obras adicionais para a instalação. Consulte sempre o condomínio para saber também se é permitido a instalação de equipamentos pesados.

piscina apartamento garden vasos plantas terraco
Antes da reforma, o apartamento tinha piso frio e apenas vasos de palmeiras como decoração. Foto: Manu Jordão

A designer lembra que há decks de madeira plástica excelentes para áreas externas, que driblam intempéries como chuva, sol e pragas naturais (cupins, por exemplo). “Costumo usar em alguns dos meus projetos porque, além de ser um material completamente reciclado, é bem resistente”, complementa. 

“Focar na jardinagem funciona para diversos ambientes”, enfatiza Manu Jordão. Um jardim tropical, por exemplo, além de trazer uma sensação de calor e beleza para o apartamento, ajuda a dar privacidade quando o espaço garden fica à vista de outros condôminos, próximo a áreas comuns como churrasqueiras coletivas, quadras e salões de festa. “Samambaias, filodendros, costela de adão, orquídeas, bromélias e bananeira ornamental são ótimas opções porque não exigem poda e fecham bem a vista de fora. Mas é um jardim que requer muita irrigação”, explica a designer.

piscina gradil jardim apartamento garden madeira
O gradil ganhou vida com material natural. A piscina recebeu bancos e nova borda em madeira plástica. Foto: Manu Jordão

“Se não for possível contratar um profissional, é importante observar bem a luminosidade do dia, onde bate mais e menos sol e, a partir daí, escolher as espécies mais resistentes ao calor ou as que preferem meia sombra e podem ser colocadas sob coberturas."

Soluções para dar privacidade

Manu Jordão também indica uso de palmeiras para dar mais privacidade em relação aos apartamentos que estão acima do espaço garden, já que as copas das plantas se juntam e formam uma cobertura verde. Gazebos translúcidos, também para cobertura do espaço,  podem ganhar bambus, esteiras de palha natural ou até um voal de tecido para não bloquear a luz, mas evitar olhares. Os cordões de luzinhas também complementam a decoração trazendo mais luz à noite e charme para o ambiente.

gazebo madeira plastica persiana cobertura vidro
O gazebo de madeira plástica e cobertura de vidro ganhou persiana de teto para filtrar o calor e dar privacidade. Foto: Manu Jordão

O espaço garden pode ser ressignificado e abrigar várias outras funções. “Há infinitas possibilidades: uma área gourmet (com churrasqueira e grill), espaço pet, local de meditação ou leitura, academia e até brinquedoteca. Podem ser espaços distintos ou tudo junto ao mesmo tempo”, diz. Se houver possibilidade de fechamento total, a área pode servir como sala de TV, de jogos e um home office, tão necessário nos dias atuais.

Consulte o condomínio e siga as regras

A definição do que pode ser feito com a metragem extra depende ainda de algumas regras que costumam ser definidas pelo condomínio. Essas determinações incluem o fechamento ou não da área externa, colocação de telas de proteção, alteração de pisos e iluminação. 

“Este é um ponto super importante: quando o cliente vai fazer a escolha por um apartamento garden, se a compra foi feita ainda na planta ou durante a construção, geralmente essa área extra vem descoberta, vazia, como uma tela em branco”, lembra a designer. “No entanto, para preenchê-la é preciso que o comprador saiba o que pode e o que não pode fazer.”

Se a convenção do condomínio acontece só após a compra do imóvel, é possível que as ideias iniciais do comprador sejam frustradas. A colocação de equipamentos como piscinas, ofurôs, hidromassagem e churrasqueiras podem ser proibidas. Buscar saber se já estão definidas e quais são as permissões para este espaço facilita os projetos e evita contratempos. “Assim, o morador poderá cobrir total ou parcialmente o espaço, usar um gazebo de madeira natural ou madeira plástica, ou um material que acompanhe o design do prédio, com ferragens padronizadas.

A cobertura pode ser feita em vidro ou em policarbonato. Há também a possibilidade de usar uma cobertura retrátil, como toldos ou um pergolado ‘abre e fecha’. Tudo vai depender da convenção do condomínio”, detalha Manu Jordão. 

Outra dica importante é pensar nos móveis e objetos que você vai colocar nesse espaço, que podem estar sujeitos a imprevistos e acidentes, como a queda de objetos e bitucas de cigarro vindos de outros apartamentos. “Se uma faísca cair em um sofá, em um ombrelone (aquela espécie de guarda sol gigante) ou mesmo em cima de um piso plástico (muito usado para brinquedotecas), há risco de incêndio caso o ambiente não tenha cobertura”, alerta a especialista. Se a área estiver descoberta, é importante adicionar móveis específicos para áreas externas. Do contrário, fique atento aos materiais e possibilidades de exposição dessas peças para que elas não se estraguem.

Veja também:

Aqui você encontra os conteúdos produzidos pelos colaboradores da Loft especialistas em economia, decoração, mercado imobiliário e estilo de vida. São profissionais altamente capacitados e com anos de experiência em produção de conteúdo para te ajudar nas suas principais dúvidas.

Veja também

lavanderia dentro armario sala estar marcenaria

Morar com estilo

24 de junho de 2022

Inspiração: A lavanderia deste apê fica dentro do armário da sala de estar

plantas apartamento sala vaso pleomele

Morar com estilo

23 de junho de 2022

Plantas e folhagens para apartamento: 10 opções para você cultivar

SBPE Sistema Brasileiro de Poupanca e Emprestimo

Mercado imobiliário

22 de junho de 2022

SBPE: saiba o que é e para quem vale a pena

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.