Conheça as vantagens e desvantagens de morar em um condomínio horizontal

Compartilhar a notícia

08 de janeiro de 2022

Atualizado: 08 de janeiro de 2022 5 min de leitura
o-que-e-condominio-horizontal

Sabe o que é um condomínio horizontal e em que ele difere de um condomínio vertical? Descubra tudo e faça a melhor escolha!

Muito procurados em médias e grandes cidades, os condomínios fazem parte da rotina dos brasileiros. É difícil encontrar alguém que não more ou trabalhe em um condomínio, seja ele de apartamentos, casas ou salas comerciais.

Ao buscar um imóvel para morar ou investir, é importante entender as diferenças entre os tipos de condomínio. Para te ajudar, este artigo trata do condomínio horizontal, suas vantagens, desvantagens e diferenças para o condomínio vertical.

O que é um condomínio horizontal?

Antes de explicar o que é um condomínio horizontal, é importante lembrarmos a definição de condomínio. Afinal, o que é um condomínio residencial? Condomínio é um espaço ou imóvel dividido entre vários proprietários. Geralmente, o condomínio possui áreas comuns, que são de uso e responsabilidade coletivas.

O condomínio horizontal é aquele que segue a linha do horizonte, ou seja, é baixo em altura e amplo em largura. O mais comum é encontrarmos um condomínio horizontal formado por casas e por áreas comuns de lazer, como piscina, área gourmet e salão de festas. Esse tipo de condomínio provavelmente está presente em todas as médias e grandes cidades brasileiras, já que possibilitam uma rotina com mais contato com a natureza e maior segurança do que se fosse uma casa separada.

Qual a diferença entre condomínio vertical e horizontal?

Se usarmos a nomenclatura de cada tipo de condomínio, fica mais fácil visualizar as diferenças entre condomínio horizontal e vertical. Por definição, a linha horizontal é uma linha reta direcionada pelo horizonte, ou seja, é uma linha deitada. Dessa forma, o condomínio horizontal é aquele que tem sua extensão para os lados, sendo o condomínio de casas a sua forma mais comum.

Já o condomínio vertical é aquele orientado pela longitude, ou seja, está ligado à altura. A forma mais comum é o condomínio de apartamentos residenciais, mas também temos condomínios verticais de salas comerciais e flats, por exemplo. Da mesma maneira, é possível ter um condomínio horizontal de imóveis comerciais.

Conheça as vantagens de morar em um condomínio horizontal..

Abrir a janela e olhar para o jardim de casa, onde você pode ter árvores frutíferas e receber a visita dos pássaros. Morar em um condomínio horizontal pode proporcionar momentos assim, e esse é um dos principais motivos pelos quais muitas famílias optam por esse estilo de vida.

De modo geral, os condomínios fechados de casas começam com a venda de lotes. Cada proprietário pode construir a casa da forma como sonhou, com mais ou menos dormitórios, duas ou mais vagas de garagem, jardim ou quintal. Pode escolher fazer um muro ou até mesmo deixar a casa aberta para a rua interna do condomínio.

A liberdade de construção, somada a uma vida mais próxima à natureza, são as grandes vantagens do condomínio horizontal. Você pode construir do seu jeito e sem ter vizinhos em cima, embaixo ou na parede ao lado, além de ter a possibilidade de total privacidade se cercar a casa com uma cerca viva, por exemplo.

...mas também as desvantagens

Da mesma forma que há vantagens, também há desvantagens no condomínio horizontal. A primeira delas é que, por necessitarem de áreas muito grandes para sua implementação, os condomínios de casas costumam ser mais afastados do centro das cidades. Para quem trabalha presencialmente ou tem muitos compromissos durante a semana, pode ser complicado morar longe e passar muitas horas no trânsito.

Outro ponto de atenção é a valorização do imóvel. Às vezes, você compra um apê em um bairro promissor e, alguns anos depois, ele está valendo muito mais do que você pagou. Os condomínios horizontais tendem a ter uma precificação mais estável, pois são menos suscetíveis à valorização do entorno do que apartamentos localizados nas áreas centrais da cidade.

A convivência com os vizinhos é outro ponto que pode ser uma desvantagem. No condomínio vertical, é mais comum encontrar os vizinhos no elevador ou na garagem, cumprimentá-los e conversar um pouco. Nos condomínios horizontais, cada morador costuma ter garagem dentro do seu terreno, e pode ser que passe bastante tempo sem interagir com outros condôminos.

Para morar ou para investir? A Loft te ajuda!

Escolher um imóvel é um processo que requer cuidado e atenção aos detalhes. É importante que as suas necessidades e preferências sejam atendidas - e a escolha do condomínio é parte fundamental do processo, pode acreditar! 

A Loft tem apartamentos à venda para todas as preferências e orçamentos, e você consegue refinar a busca com os filtros disponíveis (bairros, quantidade de dormitórios, vagas de garagem, metragem, valor do condomínio, etc.).

Encontre seu apê ideal na Loft e continue acompanhando as notícias do mercado imobiliário no nosso blog!

Especialista de SEO e conteúdo com mais de uma década de experiência em agências de publicidade, mercado financeiro e decoração. Já trabalhou com grandes marcas como Itaú e Banco Pan, além de ter sido empreendedor. Possui MBA em Marketing pela FGV e pós em Gestão de Produtos Digitais pela BBI Chicago.

Veja também

lavanderia dentro armario sala estar marcenaria

Morar com estilo

24 de junho de 2022

Inspiração: A lavanderia deste apê fica dentro do armário da sala de estar

plantas apartamento sala vaso pleomele

Morar com estilo

23 de junho de 2022

Plantas e folhagens para apartamento: 10 opções para você cultivar

SBPE Sistema Brasileiro de Poupanca e Emprestimo

Mercado imobiliário

22 de junho de 2022

SBPE: saiba o que é e para quem vale a pena

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.