O que é parede de gesso e como fazer?

Compartilhar a notícia

Você sabe o que é parede de gesso e quais são suas vantagens? Conheça dicas de instalação e confira se essa opção vale a pena para você!

06 de setembro de 2023

Autor Time Loft
Atualizado: 06 de setembro de 2023 7 min de leitura
O que é parede de gesso e como fazer

A construção civil segue em constante evolução: todos os dias surgem novas tecnologias que atendem a diferentes objetivos. A parede de gesso é uma alternativa que promete agilizar e facilitar reformas e obras.

Também conhecida como drywall, essa solução pode oferecer um bom custo-benefício aos interessados. Entretanto, antes de decidir pela aplicação, é essencial conhecer o material, suas vantagens e desvantagens na construção. 

A partir desse conteúdo, você poderá conhecer e avaliar se a parede de gesso faz sentido para o seu imóvel. Confira!

O que é uma parede de gesso?

A parede de gesso faz parte de um método construtivo que utiliza estruturas de aço e chapas de gesso acartonado. Dessa forma, ela permite uma construção “limpa” e “seca”, visto que não utiliza cimento — como acontece na alvenaria. 

Inclusive, ao considerar a alvenaria, é comum pensar que os reparos e construções podem gerar dor de cabeça ao proprietário, não é mesmo? Desse modo, a parede de gesso pode ser uma alternativa para planejar e criar ambientes de forma mais rápida, prática e acessível.

Um dos motivos para isso é que o drywall permite a chamada construção inteligente. É possível personalizar ambientes de maneira mais versátil, produzir menos ruídos no decorrer da obra e obter isolamento térmico e acústico de maneira bastante eficaz.

O processo também facilita as eventuais reformas: por possuir menos espessura e seu material ser acartonado, instalações e modificações podem ser feitas com bastante rapidez. Dessa maneira, é possível conquistar mais praticidade ao customizar seu lar.

Quais as vantagens e desvantagens desse tipo de parede?

Você permanece em dúvida entre alvenaria tradicional e drywall? Além de entender o que é a parede de gesso e suas principais aplicações, vale a pena avaliar as vantagens e desvantagens da aplicação deste material. 

Tal porque, apesar de possuir um interessante custo-benefício e ser ágil, a parede de gesso apresenta desvantagens como os demais materiais de construção. É essencial avaliar seu imóvel e os materiais disponíveis no momento da escolha.

Entre os diferentes benefícios do drywall, vale destacar:

  • material leve e com espessura fina: ele não sobrecarrega a estrutura do imóvel e economiza espaço em imóveis pequenos;
  • aplicação agilizada e facilitada: por ser um produto leve que dispensa a construção de base, os profissionais gastam menos tempo na obra. Logo, os custos são reduzidos;
  • construção limpa e sustentável: é um produto que gera menos sujeira, reduzindo os resíduos produzidos;
  • facilidade de manutenção: por serem paredes menos rígidas quando comparada ao resultado das construções de alvenaria, a restauração de instalações internas é facilitada;
  • isolamento acústico e térmico: devido à vedação que pode ser feita nas paredes de gesso, é possível atingir isolamentos semelhantes e até superiores a outras opções construtivas.

Entretanto, é necessário estar atento às desvantagens. Algumas delas são:

  • material menos resistente: por possuir espessura limitada, é preciso evitar impactos para não danificar a estrutura;
  • suportar cargas limitadas: apesar de ser um material resistente, é essencial ter cuidado ao pendurar objetos nas paredes, visto que ela tem uma estrutura menos robusta que a alvenaria.
Anúncios

Como instalar uma parede de gesso?

Após avaliar as vantagens e desvantagens, você percebeu que esta técnica faz sentido para seu imóvel? Então é relevante entender como instalar o drywall da melhor forma. Apesar de ser um processo prático, a instalação da parede de gesso requer alguns cuidados.

O ideal é contratar mão de obra qualificada para garantir que todas as etapas sejam feitas corretamente, evitando problemas na construção ou reforma. Porém, entender o processo também ajudará a acompanhar a evolução das atividades e a garantir que elas sejam realizadas sem erros.

Confira o passo a passo da instalação:

Defina as placas

Busque por placas que se adéquem a suas necessidade e meça o local de aplicação. A medida permite definir a quantidade necessária e evitar o desperdício de recursos;

Prepare o local de instalação

Seu imóvel deve estar limpo, seco e nivelado para receber as paredes de gesso. Os pontos de instalação devem ser marcados e, a partir disso, as placas serão cortadas seguindo as dimensões definidas;

Instale as placas

O material é fixo no local de interesse com ferramentas especiais. A partir deste momento, é possível aplicar diferentes revestimentos internos para aumentar o isolamento acústico e térmico; 

Realize o acabamento

Com o material já fixado, é necessário realizar a cobertura com massa específica. Além disso, é fundamental lixar o material para um melhor acabamento;

Aplique o revestimento

Defina a pintura ou revestimento que será aplicado. Há, no mercado, diferentes possibilidades de finalização, como papel de parede, finalização texturizada e até adesivos. Escolha aquele que mais reflita sua personalidade!

Além da instalação, é fundamental adotar alguns cuidados especiais no dia a dia. Para garantir a durabilidade das paredes, é preciso realizar a manutenção regular. Ou seja, limpar as paredes cuidadosamente e verificar áreas que necessitem reparos. 

Como você viu anteriormente, também é necessário ter atenção para evitar impactos e cargas elevadas nas paredes. Caso seja preciso realizar cortes ou pendurar objetos, utilize ferramentas específicas para o drywall, como parafusos resistentes.

Também vale consultar um profissional, caso tenha dúvidas sobre quais medidas serão mais seguras nesse momento. Dessa maneira, você tomará melhores decisões e preservará o material.

Afinal, vale a pena ter esse tipo de parede?

Agora que você já tem uma visão geral sobre o que é parede de gesso, suas vantagens e aplicações, é interessante avaliar se essa possibilidade realmente vale a pena para você. 

Antes de tudo, é preciso traçar objetivos claros e entender suas prioridades. Compreender a personalidade dos futuros moradores, as condições climáticas e acústicas do local e o orçamento da obra são bons pontos de partida.

Por exemplo, as paredes drywall podem ser uma opção para aqueles que buscam personalizar ambientes ao utilizá-las como divisórias de espaços em uma reforma. Portanto, moradores que buscam uma renovação estética constante podem recorrer a essa estrutura de gesso.

Entretanto, se as exigências forem uma estrutura mais rígida e resistente, que suporte pesos elevados, a parede de gesso pode não fazer sentido. A utilização do drywall para suportar móveis, televisões e outras decorações mais pesadas podem resultar em danos. 

O contexto em que a obra está inserida também influencia nas escolhas. Locais com invernos rígidos ou barulhos externos elevados podem requerer outras formas de construção, com isolamentos superiores.

Além disso, a avaliação do orçamento financeiro e a comparação com outras alternativas para encontrar aquela mais vantajosa, considerando o custo-benefício, também é um fator relevante. Diante disso, o drywall pode ser atrativo por geralmente apresentar valores acessíveis.

Após conhecer as vantagens e aplicações da parede de gesso na construção civil, você está mais preparado para utilizar este material de maneira inteligente e prática. Como você viu, com a solução as obras podem ser mais rápidas e práticas, desde que o material faça sentido para as suas necessidades. 

Buscando imóveis para comprar para aplicar parede de gesso? A Loft tem muitas opções para você!

Bateu aquela dúvida na matéria que você leu? Deixe nos comentários que o Time Loft responde!

Tags

Deixe seu comentário

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.