O que vale mais a pena: Alugar ou financiar um imóvel?

Compartilhar a notícia

Você está em dúvida entre alugar ou financiar um imóvel? Conheça as vantagens e desvantagens de cada uma das alternativas para fazer a melhor escolha!

30 de novembro de 2023

Autor Time Loft
Atualizado: 30 de novembro de 2023 13 min de leitura
Alugar ou financiar um imóvel: o que vale mais a pena?

Você já se perguntou se deve alugar ou financiar um imóvel, mas ainda não chegou a uma conclusão? Como essas duas opções são bem diferentes, existem muitos pontos que precisam ser considerados. Entre eles estão sua condição familiar, econômica e profissional.

Também é essencial analisar as vantagens e desvantagens de viver de aluguel ou financiar um imóvel. Assim, você terá mais chances de acertar ao decidir se o aluguel ou financiamento fará mais sentido para o seu momento de vida.

Para ajudar nessa avaliação, continue lendo e veja um panorama sobre o assunto. Essa é a sua chance de ficar mais preparado para tomar a decisão entre financiar e alugar o seu imóvel. 

Vamos lá?

Alugar ou financiar um imóvel: por que essa decisão deve ser planejada?

Escolher onde morar e as condições do imóvel — localização, tamanho, valor — influencia diretamente no estilo de vida de uma pessoa, não é mesmo? Por isso, os aspectos que envolvem essa decisão precisam ser planejados em todos os detalhes.

A decisão sobre a moradia também inclui definir se o imóvel será alugado ou financiado. Então é preciso se planejar e verificar com calma os prós e contras de cada opção para tomar uma decisão informada. Ainda, essa é uma forma de se organizar financeiramente, já que as duas opções envolvem custos. No planejamento, você pode definir se deseja:

  • alugar por um tempo e guardar dinheiro para comprar um imóvel futuro à vista;
  • financiar e não precisar lidar com proprietários ou contrato com imobiliária;
  • investir uma parte do dinheiro e morar em um aluguel mais barato;
  • entre outras possibilidades.

Independentemente da sua escolha, o planejamento permite criar um caminho para evitar problemas no orçamento. Essa também é uma forma de evitar decisões erradas e que causem arrependimento, por exemplo.

Quais são as vantagens do aluguel sobre o financiamento?

Você entendeu como o planejamento e organização são fundamentais para alugar ou financiar um imóvel da melhor maneira. Agora, é o momento de entender melhor cada opção, o que inclui saber quais são os prós de alugar um imóvel em relação ao financiamento.

Confira!

Anúncios

Flexibilidade para mudar quando quiser

Um dos principais benefícios de alugar uma propriedade é a flexibilidade para fazer mudanças. Mesmo tendo um prazo no contrato de aluguel, mudar nesse caso é mais simples do que quando você adquire um imóvel, certo?

Pessoas que gostam de experimentar diferentes bairros, cidades ou imóveis aproveitam bastante essa vantagem. A questão também está associada a quem se muda bastante devido ao trabalho.

Dessa forma, a locação é uma alternativa para ter um lar, mas sem assumir compromissos a longo prazo. Aqui, o essencial é conhecer as condições de quebra de contrato para não haver problemas futuros.

Possibilidade de investir seu dinheiro

Muitas pessoas não sabem que morar de aluguel pode ser vantajoso para quem quer investir. Isso porque você pode separar mensalmente o valor da entrada ou a diferença em relação ao que seria a parcela do financiamento para alocar o dinheiro em um investimento.

Essa ação pode ser uma forma de comprar uma moradia à vista no futuro. Se ainda assim você preferir morar de aluguel e ter maior flexibilidade, existe a chance de investir para aumentar seu patrimônio ou alcançar outros objetivos.

Menor comprometimento financeiro

Quando você faz o financiamento, o comprometimento com os pagamentos é maior do que o ato de alugar. Desse modo, a obrigação de aluguel é referente apenas ao prazo definido no contrato que você assinar, certo? Já o financiamento dura até que a dívida esteja quitada.

Para as pessoas que não possuem estabilidade financeira, assumir um compromisso mais curto como o aluguel pode fazer mais sentido. Então analise por quanto tempo você pode ou quer se envolver com uma dívida, certo?

Experiência antes de adquirir um imóvel próprio

Viver em um imóvel alugado pode ser vantajoso antes de comprar o seu. Nessa experiência, você possui a oportunidade de conhecer o bairro, o trânsito e a infraestrutura da região, por exemplo. Isso ajudará a analisar se o lugar condiz com suas expectativas e investir em uma moradia.

Outro ponto é que, com o aluguel, você tem mais tempo para pesquisar sobre imóveis à venda, as características essenciais e outras questões relevantes. Então não há o perigo de você se precipitar e se arrepender da compra futuramente. Interessante, não é?

Diminuição de custos com a manutenção

Ao alugar uma casa ou apartamento, o pagamento da maior parte dos custos com a manutenção é uma obrigação do proprietário. No caso de danos ou defeitos que necessitem de consertos estruturais, os gastos são do dono do imóvel. 

Isso significa que o locatário deve cuidar apenas com a limpeza e conservação do imóvel. Portanto, você não precisa se preocupar com problemas na rede hidráulica ou elétrica, por exemplo — exceto se a culpa for sua. Com isso, os possíveis custos emergenciais com o imóvel são menores, diminuindo os riscos de ocorrerem imprevistos financeiros.

Quais são as vantagens do financiamento quanto ao aluguel?

Agora que você leu as vantagens de alugar, também é preciso conhecer os benefícios do financiamento imobiliário. Essa é uma modalidade bastante utilizada, já que muitas pessoas não têm em mãos o dinheiro necessário para comprar um imóvel à vista.

Ao financiar o bem, é possível fazer o pagamento de modo mais acessível e ainda aproveitar outros pontos positivos. Veja quais são os benefícios dessa alternativa!

Garantia de estabilidade

Em comparação ao aluguel, o financiamento oferece maior estabilidade ao morador. Com a compra, não existe a possibilidade de você precisar se mudar contra a vontade — o que pode acontecer em caso de venda da propriedade ou outras situações previstas na Lei do Inquilinato.

Embora existam limitações aos casos em que o proprietário pode retomar o imóvel, sempre há riscos de que isso aconteça. Os reajustes no aluguel também podem inviabilizar a manutenção do contrato. 

Já com o seu imóvel financiado, você terá mais segurança em relação à moradia. Isso traz tranquilidade à família e permite que os planos de mudança de imóvel, se necessário, sejam feitos com mais calma e de acordo com as próprias preferências.

Possibilidade de investimento

No financiamento, você comprará um imóvel que provavelmente valorizará com o passar dos anos. Se novos empreendimentos forem construídos ao redor dele, por exemplo, é possível que seu patrimônio passe a valer mais. Nesse cenário, você terá lucro em uma eventual venda.

Também há como gerar renda passiva ao alugar o seu imóvel, caso continue ampliando o seu patrimônio. Assim, mesmo que no futuro você decida não morar mais na propriedade, você terá direito a receber valores mensais e ainda manterá o bem sob sua propriedade.

Oportunidade de personalizar o imóvel

Quando se trata de aluguel, é muito comum não poder fazer grandes alterações no imóvel, já que muitas delas dependem da autorização do proprietário ou podem não ser reembolsadas. Logo, você fica preso às escolhas do dono sobre sua moradia.

Além disso, não é vantajoso realizar muitas reformas em uma propriedade que não é sua, concorda? Já ao financiar essa realidade muda. Como o bem será seu, vale personalizar o imóvel como você desejar.

Como calcular a viabilidade financeira dessa decisão?

Como você leu até agora, a decisão entre alugar ou financiar precisa considerar diversos fatores. Um deles é a avaliação da viabilidade financeira. Ou seja, a ideia é saber se você tem dinheiro para arcar com o financiamento ou com o aluguel.

Para tanto, é preciso analisar os custos que envolvem ambas as alternativas. Para começar, coloque na ponta do lápis todos os valores pagos pelo inquilino ao assinar o contrato. Eles podem envolver:

  • aluguel mensal;
  • garantia locatícia (como caução, seguro-fiança etc.);
  • Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU);
  • seguro obrigatório;
  • taxa de incêndio;
  • taxa condominial.

No caso da compra por financiamento, é importante analisar o custo efetivo total (CET) do contrato. Nele, você encontrará:

  • correção monetária;
  • juros mensais;
  • taxa administrativa;
  • seguros obrigatórios por lei;
  • despesas de emissão do contrato;
  • taxas de cartório;
  • Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis (ITBI).

Também convém considerar o tipo de propriedade comprada — novo ou usado — e a tabela de financiamento — SAC ou Price. Com essas informações, é possível saber se sua realidade atual associada aos seus planos de vida corresponde com aluguel ou financiamento.

Além disso, você tem a chance de considerar se essa é a melhor hora de financiar um imóvel. Como os juros e os preços dos bens podem aumentar ou diminuir ao longo do tempo, você consegue ponderar se a compra é a escolha certa.

Como fazer o planejamento para financiar ou alugar um imóvel?

Você viu que, independentemente da decisão tomada, o planejamento financeiro é essencial no momento de alugar ou comprar um imóvel. Afinal, o objetivo é comprar ou usufruir do bem, com conforto e sem a preocupação com dívidas, não é?

Para saber como conseguir isso, veja como planejar suas finanças para comprar ou alugar um imóvel!

Organize o seu orçamento

O primeiro passo é organizar o seu orçamento. Com ele, você conseguirá diagnosticar o que é possível fazer no momento e quais devem ser os passos para conquistar o imóvel desejado.

Para acertar na organização, classifique suas despesas em custos fixos ou variáveis utilizando uma planilha de controle de finanças pessoais. Com ela, você terá mais consciência dos seus gastos, sabendo qual é a sua verdadeira capacidade financeira.

Determine uma quantia para o financiamento ou aluguel

A partir do valor de seus gastos e ganhos, é o momento de decidir quanto você poderá direcionar para o imóvel por mês. Ao determinar isso previamente, há menos riscos de entrar em dívidas futuras ou de sofrer com o descontrole dos gastos.

Nesse contexto, o ideal é que a prestação do financiamento ou o aluguel não exceda 30% da receita familiar, certo? Essa é uma maneira de manter o controle e a qualidade de vida durante o contrato. Como o orçamento já estará pronto, essa etapa será simples de concluir.

Evite compras e gastos desnecessários

No processo de adquirir um imóvel ou no início do aluguel, é válido redobrar a responsabilidade financeira, combinado? Isso significa não comprar ou gastar demasiadamente, pois esse é o momento de priorizar sua moradia.

Além disso, se você optar por alugar um imóvel, é interessante conseguir investir o que seria a diferença entre o valor mensal e a parcela do financiamento. Dessa maneira, você sabe para onde o dinheiro está indo e pode aumentar seu patrimônio, mesmo gastando mensalmente com aluguel.

Esse pode ser um passo importante para conseguir economizar o valor necessário para comprar um imóvel no futuro ou para ampliar o seu patrimônio e conquistar maior tranquilidade financeira.

O que mais considerar ao tomar a decisão de alugar ou financiar?

Além do quesito financeiro, existem outros pontos a considerar na sua decisão de onde morar. Esses aspectos se relacionam às suas perspectivas pessoais sobre o futuro. Então é essencial pensar qual é a melhor opção para o seu presente e para o seu futuro.

Isso é necessário porque é comum ter uma visão estritamente financeira nesse processo. Porém, as escolhas também precisam ser baseadas nas vontades e sonhos. Sendo assim, considere os aspectos psicológicos e emocionais para tomar uma decisão que satisfaça seus interesses.

Por exemplo, se você pensa em ter filhos e construir uma família, buscar um lugar próprio pode fazer sentido. Nesse caso, você já pode escolher uma cidade e buscar por uma propriedade que possua as características que combinem com o seu estilo de vida.

Por outro lado, se a sua fase for de flexibilidade e liberdade, o aluguel parece ser mais adequado. Se você sempre fizer viagens longas devido ao seu emprego, por exemplo, ter uma moradia definitiva pode não ser tão relevante. Com isso, o aluguel pode ser mais atraente.

Ainda, é fundamental conversar com sua família. Desse modo, você terá a opinião e o apoio de pessoas próximas. Essa é uma forma de garantir que todas as pessoas fiquem satisfeitas com a escolha.

Avaliar essas questões é tão relevante quanto ponderar a sua realidade financeira. No final, escolher um imóvel que seja adequado ao seu momento de vida e aos seus planos permite que você aproveite muito mais a decisão.

Afinal, o que vale mais a pena: financiar ou alugar?

Após tantas informações, você deve estar se perguntando se a melhor opção é financiar ou alugar um imóvel. No entanto, essa resposta não é simples.

Por exemplo, o aluguel pode se encaixar melhor se você está querendo se mudar para outra cidade em um curto prazo. Outro cenário é se você ainda não tem dinheiro suficiente para um financiamento. Nesse caso, o aluguel é mais vantajoso que fazer dívidas que você não tem condições de pagar, por exemplo.

Já a compra pode valer a pena se seu plano é formar uma família e permanecer muito tempo no mesmo imóvel. A casa própria também pode ser atrativa para realizar o sonho de ter um imóvel e ter a chance de personalizá-lo, garantindo que ele tenha as características que você deseja.

Então vale balancear a parte financeira, organizando-se e verificando qual opção se encaixa no seu orçamento. Além disso, preste atenção em fatores subjetivos, vendo quais são os seus desejos e necessidades — e que não se relacionam apenas com o dinheiro.

Neste artigo, você entendeu que a escolha entre financiar ou alugar depende das suas condições pessoais e financeiras. Por isso, é importante pesar os prós e contras de cada opção, a fim de decidir e começar a se planejar adequadamente para realizar os seus planos.

Se você quer financiar imóvel, a Loft oferece as melhores taxas do mercado. Faça agora uma simulação sem compromisso!

Bateu aquela dúvida na matéria que você leu? Deixe nos comentários que o Time Loft responde!

Tags

Deixe seu comentário

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.