Construtech: entenda as inovações tecnológicas do mercado imobiliário

Compartilhar a notícia

As construtechs estão revolucionando o mercado imobiliário com suas inovações tecnológicas. Veja como elas estão moldando o futuro do setor!

22 de fevereiro de 2024

Autor Time Loft
Atualizado: 22 de fevereiro de 2024 7 min de leitura
Construtech - entenda como as inovações tecnológicas estão redefinindo o mercado imobiliário

Você já ouviu falar em construtech? Esse tipo de startup está transformando o mercado imobiliário, introduzindo eficiência, sustentabilidade e personalização no setor. Ele representa uma mudança significativa na forma como as pessoas interagem com a construção civil e a aquisição de imóveis.

Nesse contexto, vale a pena explorar como as construtechs estão redefinindo o cenário imobiliário, em especial no Brasil. Afinal, as inovações implementadas por elas têm impactos no futuro da construção e do mercado.

Continue a leitura e entenda o que é uma construtech e veja como elas estão moldando o segmento!

O papel das construtechs no mercado imobiliário

Construtechs são startups do setor da construção civil que usam tecnologia para inovar no mercado imobiliário. Ao abordar algumas das maiores dores do segmento, como atrasos de entrega e baixa produtividade, essas empresas estão estabelecendo novos padrões.

Desse modo, elas estão revolucionando a engenharia de construção. Por meio da automação e da digitalização, essas empresas diminuem os prazos de entrega e aumentam a efetividade das equipes — um avanço significativo em um setor muitas vezes caracterizado por atrasos e ineficiências.

Além disso, as companhias estão na vanguarda da implementação de práticas de construção verde. Incluem-se o uso de materiais ecológicos, técnicas que minimizam a pegada de carbono e a integração de sistemas de energia renovável.

Com tecnologias como realidade aumentada e modelagem 3D, as construtechs permitem que os clientes visualizem e modifiquem seus futuros lares no processo de planejamento. Logo, o produto tende a estar em sintonia com suas expectativas, maximizando a satisfação e o valor percebido.

Portanto, essas startups estão transformando a maneira como as construtoras e incorporadoras operam. Com soluções desde softwares de gestão de projetos até algoritmos avançados para otimização de recursos, as construtechs possibilitam uma gestão de projetos mais ágil e eficiente.

O uso da tecnologia na venda de imóveis

Como visto, ao redefinir o mercado imobiliário, as construtechs estão transformando a maneira como os imóveis são vendidos. Um exemplo são as visitas virtuais, que permitem a você explorar propriedades ao redor do mundo por meio da realidade virtual e aumentada.

Elas economizam tempo e proporcionam uma visão detalhada do imóvel — aumentando o interesse e a possibilidade de venda. As construtechs também agilizam transações imobiliárias com plataformas online para negociação de preços, assinatura de contratos e pagamentos digitais.

Ademais, o uso de análise de dados permite otimizar estratégias de marketing digital. Ao compreender melhor o perfil e as preferências dos clientes potenciais, essas empresas podem criar campanhas publicitárias mais direcionadas e eficazes.

Anúncios

A influência das construtechs na experiência do cliente

A influência das construtechs na experiência do consumidor não se resume às vendas. Ela vai desde a personalização do atendimento até a implementação de tecnologias inovadoras nos imóveis. Nesse sentido, a abordagem orientada ao cliente é um dos principais diferenciais das construtechs.

Confira algumas maneiras como elas têm impactado a experiência de vendedores e compradores!

Personalização do atendimento ao cliente

Usando tecnologia de ponta, essas empresas são capazes de entender melhor as necessidades e preferências individuais de cada cliente. Portanto, elas conseguem oferecer soluções personalizadas, que vão desde o design do imóvel até os serviços pós-venda.

A personalização resulta em uma experiência de compra mais satisfatória. Afinal, os compradores sentem que suas necessidades específicas estão sendo atendidas.

Acompanhamento e transparência no processo de construção

Por meio de plataformas digitais, você pode acompanhar o progresso da construção do seu imóvel em tempo real. A prática aumenta a confiança no processo e permite que os clientes se envolvam mais em cada etapa da construção de suas futuras casas.

Assistência pós-venda e manutenção

O papel das construtechs não termina na entrega das chaves. Muitas das startups oferecem serviços de pós-venda, como visto. Eles incluem desde a manutenção do imóvel até assistência técnica e suporte para qualquer problema que possa surgir.

Dessa forma, os serviços garantem que o cliente continue tendo uma experiência positiva mesmo após a compra do imóvel. Isso ajuda a reforçar a percepção de valor e cuidado por parte da construtora.

Tecnologia para facilitar a vida do morador

As construtechs introduzem tecnologias avançadas em imóveis, como sistemas de automação residencial, para maior conforto e eficiência energética. Como resultado, as inovações melhoram a vida dos moradores e contribuem para a valorização do imóvel ao longo do tempo.

Tendências para o futuro da construção civil

Após entender como as construtechs influenciam a experiência do cliente, é hora de refletir sobre o futuro da construção civil. A integração de tecnologias avançadas no segmento aperfeiçoa a qualidade dos projetos e redefine a relação entre os espaços construídos e o meio ambiente.

Confira alguns exemplos das tendências que as construtechs vêm ditando! 

Avanço da impressão 3D na construção

A impressão 3D tem sido usada para fabricar componentes de edifícios de forma mais rápida e com custos reduzidos. Ainda, a técnica permite designs mais complexos e personalizados, antes impossíveis ou economicamente inviáveis.

Desse modo, a tecnologia promete reduzir o desperdício de materiais — alinhando-se com as práticas de construção sustentável.

Sustentabilidade e materiais ecológicos

As construtechs estão adotando técnicas que minimizam o impacto ambiental. Alguns exemplos são edifícios com zero emissão de carbono e sistemas eficientes de gestão de resíduos. Elas focam em materiais sustentáveis, como madeira de crescimento rápido, tintas e tijolos ecológicos

Evolução da realidade aumentada e virtual

Como você viu, a realidade aumentada e a virtual têm proporcionado comodidade no contexto de venda. Ademais, elas permitem que os clientes visualizem e personalizem seus futuros lares de maneira interativa, melhorando sua experiência.

Essas ferramentas também são valiosas para arquitetos e construtores. Isso porque, com elas, é possível visualizar e ajustar projetos antes da construção, evitando erros caros e retrabalhos.

Inteligência artificial e big data

Inteligência artificial e big data, aplicados por construtechs, otimizam desde o design do projeto até a logística e gestão de suprimentos na construção. Além de aumentar a eficiência, a abordagem orientada por dados ajuda a prever e mitigar riscos — melhorando a segurança e a confiabilidade dos projetos.

Construções modulares e flexíveis

Por fim, as construções modulares e flexíveis têm ganhado destaque. A abordagem permite criar módulos em um ambiente controlado, que depois são transportados e montados no local final. A medida acelera o processo, e é possível adaptar ou expandir as estruturas conforme necessário.

Você percebeu que as construtechs estão transformando o mercado imobiliário, certo? Combinando tecnologia de ponta e foco no cliente, elas estão ajudando a desenhar um futuro mais eficiente, sustentável e personalizado no setor.

Bateu aquela dúvida na matéria que você leu? Deixe nos comentários que o Time Loft responde!

Tags

Deixe seu comentário

Veja também

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.