Empréstimo para micro empresário: como funciona e opções

Compartilhar a notícia

Como você sabe, um empréstimo para micro empresário pode ajudar a alavancar o negócio. Conheça as opções disponíveis e como utilizá-las.

19 de dezembro de 2023

Autor Time Loft
Atualizado: 26 de dezembro de 2023 6 min de leitura
Empréstimo para micro empresário


Para o crescimento de um negócio, a necessidade de capital é uma realidade constante. Por esse motivo, é preciso conhecer e entender as opções de empréstimo para micro empresário para encontrar soluções que atendam às suas demandas.

Inclusive, muitos empreendedores enfrentam obstáculos ao buscar linhas de crédito tradicionais. No entanto, há uma variedade de soluções desenvolvidas para atender a esse nicho.

Neste post, você conhecerá mais sobre os empréstimos para microempresas, como esses créditos funcionam e as opções disponíveis. Continue a leitura e confira!

O que é empréstimo para micro empresário?

O empréstimo para micro empresário é um recurso financeiro destinado a impulsionar pequenos negócios. Essa modalidade visa atender a demandas específicas dessas empresas, como a expansão do empreendimento, aquisição de equipamentos, capital de giro ou até a quitação de dívidas.

O crédito é disponibilizado por instituições financeiras, podendo contar com condições e taxas de juros diversas, conforme a solução específica. Então é importante que o micro empresário analise cada proposta, avaliando os custos envolvidos e o impacto no fluxo de caixa do negócio.

Como esses empréstimos funcionam?  

O funcionamento dos empréstimos para micro empresários segue diversas etapas. A primeira delas envolve a avaliação das necessidades do negócio, como expansão, aquisição de equipamentos ou pagamento de débitos.

Nesse sentido, algumas linhas de crédito exigem uma destinação específica para o dinheiro — é o caso dos financiamentos. Após definir o uso dos recursos, o micro empresário deve procurar uma instituição financeira.

Como você viu, cada entidade apresenta termos de condições, prazos de pagamento e taxas de juros diferentes. Por esse motivo, é essencial comparar as opções para encontrar a oferta mais favorável ao seu objetivo.

Com a escolha da instituição feita, é preciso apresentar uma série de documentos, como CNPJ (Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica) e comprovantes de renda. Em alguns casos, é possível haver a requisição de um plano de negócios para assegurar a viabilidade e o potencial de crescimento da empresa.

Tendo o empréstimo aprovado, os recursos são liberados para o solicitante, conforme o acordo estabelecido. Já o pagamento ocorre em prestações, geralmente mensais, que incluem o montante principal acrescido de juros remuneratórios. 

Aqui, tenha em mente que a falta de pagamento pode resultar em penalidades, como multas e juros moratórios, encarecendo o débito.

Anúncios

Quais são os tipos de empréstimo disponíveis para micro empresário?

Agora que você já sabe o que é como funciona o empréstimo para micro empresário, chegou o momento de conhecer os tipos de linhas de crédito existentes. Confira, a seguir, quais são as principais alternativas disponíveis!

Microcrédito

O microcrédito é uma solução para empreendedores formais, como MEIs, e informais que desejam abrir uma empresa ou expandir um empreendimento. As taxas de juros dessa opção tendem a estar entre as mais baixas do mercado, mas o capital liberado é mais limitado — até R$ 21 mil.

Crédito para empresas BNDES

Outras opções de crédito governamental são oferecidas para micro, pequenas e médias empresas. É o caso das linhas de crédito do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). 

Por meio do portal online da instituição, é possível simular a solicitação de empréstimo, indicando o propósito da obtenção dos recursos. É possível obter crédito para necessidades diárias, projetos de investimento, aquisição de veículos pesados, maquinário agrícola ou outros equipamentos.

Inicialmente, é necessário preencher a quantia desejada, o faturamento acumulado nos últimos 12 meses e o CNPJ da empresa. Ao final do processo, você descobrirá se há uma proposta de empréstimo disponível para seu negócio. 

A negociação é realizada diretamente com um dos agentes financeiros associados ao BNDES. Com eles, é possível obter informações sobre o crédito máximo, prazos, taxa de juros e outros detalhes.

Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe)

O Pronampe é um programa que está disponível para microempresas com rendimento anual até R$ 360 mil. Pequenas empresas com faturamento anual até R$ 4,8 milhões e MEIs com renda até R$ 81 mil (quantias válidas em 2023) também são contemplados.

Por meio do programa, as empresas podem solicitar financiamentos de até 30% da receita bruta anual registrada no ano anterior. Contudo, para negócios com menos de um ano de existência, o valor máximo do empréstimo corresponde a até 50% do capital social.

Crédito para capital de giro

O crédito para capital de giro é uma opção para pequenas empresas que necessitam de recursos para cobrir as despesas operacionais diárias. Esse empréstimo é útil para atender às necessidades de curto prazo, dado que o pagamento é geralmente parcelado em 12 meses.

O recurso pode ser obtido na instituição bancária na qual a empresa mantém uma conta corrente ou em entidades especializadas em crédito corporativo.

Antecipação de recebíveis

Nessa modalidade, são antecipadas as quantias que a empresa já tem para receber nas vendas a prazo. Como os pagamentos futuros servem como garantia, as taxas de juros costumam ser mais baixas.

Empréstimo com garantia

No empréstimo com garantia, o solicitante disponibiliza um bem à instituição financeira como forma de garantir o pagamento das parcelas do empréstimo. Essa condição contribui para reduzir o risco de inadimplência. Por essa razão, é possível disponibilizar taxas de juros mais favoráveis e prazos de pagamento mais extensos.

Peer to peer 

Uma opção adicional de crédito para pequenos empreendimentos é a modalidade peer to peer (P2P). Esse método conecta diretamente solicitantes de crédito e investidores por meio de plataformas digitais, sem a necessidade de intermediação por uma instituição financeira.

Como usar esse crédito de maneira estratégica?

O empréstimo para micro empresário não se aplica somente a momentos de crise, como a inadimplência de um cliente relevante. Quando o crédito é usado estrategicamente, ele pode ser uma ferramenta que beneficia o empreendedor e o negócio.

Nesse sentido, os recursos podem ser empregados no cumprimento de dívidas de curto prazo ou para injetar capital para renovar o fluxo de caixa. O ideal é sempre analisar se essa possibilidade será benéfica para o desenvolvimento e a manutenção dos negócios. Uma possibilidade, por exemplo, é obter dinheiro para a realização de investimentos estratégicos.

Como você viu, existem diversas opções de empréstimo para micro empresário. A escolha deve estar alinhada com os objetivos e a realidade financeira da sua empresa. Lembre-se de que investir de forma estratégica no seu empreendimento é o caminho para o sucesso sustentável, certo?

Quer conhecer uma nova opção de crédito? Faça uma simulação online.

Bateu aquela dúvida na matéria que você leu? Deixe nos comentários que o Time Loft responde!

Tags

Deixe seu comentário

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.