O que é Apartamento na Planta e quais as vantagens

Compartilhar a notícia

Você tem dúvidas sobre o que é um apartamento na planta e como funciona a compra de um imóvel do tipo? Aproveite para conhecer as vantagens que ele oferece!

15 de maio de 2023

Autor Time Loft
Atualizado: 15 de maio de 2023 11 min de leitura
O que é Apartamento na Planta e quais as vantagens

Já procurou imóveis, mas ainda não encontrou uma opção que atendesse às suas expectativas? Nessa e em outras situações, buscar um imóvel na planta, como um apartamento, pode ser uma ótima alternativa.

Esse tipo de imóvel oferece condições diferentes de preços, prazo para realizar a mudança e até oportunidades de personalização. Logo, é importante conhecer as vantagens dessa modalidade, bem como saber o que analisar antes de fechar a compra.

Achou o tema interessante? Neste artigo, você entenderá o que é e como funciona a compra de um apartamento na planta. Confira!

O que significa um apartamento na planta?

O apartamento na planta é um conceito que se refere a imóveis que ainda serão construídos ou que estão em fase de construção. Nesse caso, o futuro proprietário conhece apenas o projeto, ou seja, a planta do lugar.

Esse documento mostra as medidas por meio de uma representação visual do espaço visto de cima. Graças à escala, é possível ter uma ideia clara de como será a propriedade, considerando as proporções e a distribuição dos cômodos.

O projeto de um apartamento do tipo também costuma trazer a projeção dos espaços comuns do empreendimento. Isso permite conhecer outras estruturas, como áreas de lazer, piscina, espaços fitness e gourmet.

Em alguns casos, os possíveis compradores podem fazer um passeio virtual em 3D para ter uma noção maior do espaço. No entanto, essa modalidade de compra não permite que você conheça o imóvel pronto antes de adquiri-lo.

Quais são os benefícios de comprar um apartamento na planta?

Agora que você entendeu o que é um apartamento na planta, é mais fácil entender quais são as vantagens dessa oportunidade. Assim, é possível definir se essa alternativa faz sentido para as suas expectativas.

Veja, a seguir, os principais pontos positivos de comprar um imóvel na planta!

Anúncios

Desconto na compra

Um dos principais benefícios de comprar um imóvel na planta é o desconto oferecido em relação a imóveis equivalentes já construídos. Um apartamento na planta pode ser até 30% mais barato do que um imóvel que pronto para morar.

Isso acontece porque, muitas vezes, os imóveis são construídos em áreas em desenvolvimento e que se valorizam após a construção. Ainda, a necessidade de esperar pela construção faz com que o preço seja menor nessa etapa.

Modernidade nas instalações

Comprar imóveis usados pode gerar imprevistos devido às instalações antigas. Normalmente, elas criam problemas com o tempo e acabam pesando no bolso do morador. Com um imóvel na planta, por outro lado, você tem acesso a instalações mais modernas.

Como as partes hidráulicas e elétricas são novas, elas tendem a trazer mais segurança e conforto no lar. Essa também é uma forma de economizar, devido ao custo menor de manutenção.

Oportunidade de fazer adaptações

Ao escolher um imóvel pronto, só é possível realizar adaptações ou personalizar o espaço ao fazer reformas. No caso de um apartamento na planta, costuma haver flexibilidade para fazer algumas alterações no layout do apartamento.

Dessa forma, dependendo do acordo com a empreiteira, detalhes como portas, paredes e revestimentos podem ser customizados. Essas alterações evitam a necessidade de reformar o apartamento futuramente.

Valorização financeira

Ao comprar um imóvel na planta, é provável que, ao final da construção, ele tenha um preço superior ao que você pagou. Além disso, o apartamento será novo, o que tende a colaborar com a valorização. 

Dessa maneira, comprar o apartamento na planta costuma ser uma oportunidade de investimento. Em uma futura venda de imóvel, há chances de obter um preço mais elevado. Como resultado, você pode obter um rendimento elevado. Interessante, não é?

Existe algum risco de fazer a compra nessa modalidade?

Após ler as vantagens de comprar imóvel na planta, também é preciso conhecer os riscos desse tipo de negócio. Isso o ajudará a tomar uma decisão mais consciente, identificando se essa alternativa faz sentido para você.

Entenda melhor a seguir!

Atraso na entrega do apartamento

Um dos problemas que podem ocorrer para quem opta por essa modalidade de compra é o atraso na entrega do imóvel. Às vezes, o comprador se planeja conforme previsto no contrato, porém tem que alterar os planos.

Legalmente, é considerado atraso quando se ultrapassa o prazo de tolerância previsto no contrato com a construtora. Esse prazo máximo é de 180 dias corridos.

Financiamento não aprovado

Uma parte dos compradores de apartamentos na planta optam por fazer um financiamento, em vez de pagar à vista. Dessa forma, é assinado o contrato com a construtora quando o comprador paga a entrada mais a comissão de corretagem.

A partir disso, fica estipulado o pagamento futuro do valor do financiamento. Após esse processo, os documentos são enviados ao banco para fazer aprovação. No entanto, se ele não aprovar o financiamento, o processo de compra do imóvel pode ser interrompido.

Falha em entregar o que foi prometido

Como você viu, o imóvel na planta se refere a um apartamento futuro. Logo, existe o risco de ocorrer uma entrega diferente daquilo que foi combinado, como uma mudança nos revestimentos. Também há riscos relacionados a atrasos ou não entrega do imóvel. 

Caso essa situação ocorra, é importante que todos os documentos estejam guardados, incluindo os folhetos de propaganda. Para evitar esses casos, o ideal é contratar uma empresa de qualidade e renome no mercado.

Se mesmo tomando cuidado as chaves não forem entregues, o proprietário possui duas opções:

  • receber multa de 1% do valor pago da construtora para cada mês atrasado;
  • pedir rescisão de contrato, recebendo de volta todo o valor pago, inclusive com reajuste.

O que levar em conta ao escolher um apartamento na planta?

Você já sabe as vantagens e os riscos de escolher um apartamento na planta. Agora, é interessante saber o que considerar ao escolher um imóvel desse tipo.

Veja os principais passos!

Conheça os detalhes do projeto

O primeiro passo é conhecer o projeto por completo. Como o empreendimento ainda não está pronto, aproveite as informações disponíveis para conhecer melhor a oportunidade. Por exemplo, tire suas dúvidas e analise o material oferecido pela construtora e visite a unidade modelo decorada, se houver.

Essa é uma etapa crucial para verificar se o imóvel atenderá às suas necessidades quando estiver pronto. Logo, é essencial obter e avaliar com cuidado todos os materiais de divulgação.

Faça uma pesquisa sobre a construtora

Outra etapa fundamental no processo de decisão consiste em pesquisar o histórico de projetos dos quais a construtora já participou. Esse é um modo de saber se obras anteriores tiveram atrasos ou clientes insatisfeitos.

Uma forma de fazer isso é buscar depoimentos de clientes que já utilizaram os serviços da construtora. Caso existam dúvidas, entre em contato direto com a empresa. Dessa maneira, você consegue entender sobre os processos de construção e as condições oferecidas.

Analise o prazo de entrega e as condições de pagamento

Outro fator essencial é analisar o prazo de entrega, pois ele pode ser longo e exigir paciência. Ademais, verifique se as condições de pagamento estão adequadas às suas possibilidades.

Caso não estejam, você pode tentar negociar com a construtora. A partir de um orçamento definido, é possível saber quanto você consegue pagar em parcelas e, assim, qual seria o prazo ideal.

Como encontrar a melhor opção de apartamentos na planta?

Antes de comprar um apartamento na planta, é preciso garantir que a oportunidade é a melhor escolha para a sua vida. Para encontrá-la, vale focar em dois pontos principais: a localização e as características físicas do imóvel.

Inicialmente, examinar a localização é importante já que ela pode interferir na sua segurança, no bem-estar e na valorização futura. Por isso, explore a vizinhança para saber como é a estrutura no entorno do imóvel.

Para tanto, pense nas atividades cotidianas e sua rotina. Por exemplo, avalie a distância para o seu trabalho e outras empresas semelhantes, para a escola de seus filhos e até do seu restaurante preferido. O ideal é suprir essas demandas com a localização mais conveniente para o seu dia a dia.

Ainda, antes de a obra ser concluída, o bairro pode não estar tão desenvolvido. Então também vale verificar o potencial de crescimento. Essa urbanização em torno do empreendimento tende a impulsionar a valorização do imóvel e criar boas oportunidades.

A parte estrutural também merece atenção ao procurar o apartamento ideal. Por exemplo, o tamanho do imóvel deve atender às suas necessidades. Portanto, veja se a dimensão dos cômodos são funcionais e se a planta garante uma circulação fácil.

Por fim, verifique a posição do apartamento. Isso impactará diretamente na incidência de luz solar e ventilação. Esses dois fatores se relacionam com a qualidade de vida do ambiente e podem valorizar o seu imóvel.

O que fazer após assinar o contrato?

Encontrou o apartamento na planta ideal para você? Então é preciso fechar negócio com a construtora e assinar o contrato. O passo seguinte é procurar o Cartório de Registro de Imóveis para registrar na matrícula do empreendimento que a unidade foi adquirida.

Assim, qualquer pessoa que decidir pesquisar pela unidade, encontrará seus dados registrados. Essa atitude evita confusões de ocorrer a venda de um mesmo imóvel para duas pessoas diferentes, por exemplo.

Também é fundamental acompanhar a obra para garantir os termos acordados. Uma forma de fazer isso é criar uma comissão de representantes. Esse é um grupo formado pelos compradores que nomeiam pessoas para analisar o andamento da construção.

Elas têm a função de acompanhar cada passo da construtora e evitar complicações. Caso você perceba alguma inconsistência, é possível entrar em contato com a empresa rapidamente. Se o seu problema não for resolvido, existem meios legais que podem ser utilizados para solucionar a questão. 

O que acontece se o comprador desistir da compra?

Outra dúvida de muitas pessoas envolve a possibilidade de desistir da compra. Nesse caso, é comum ter que pagar uma multa de rescisão, caso o motivo não envolva um descumprimento da construtora. Com isso, entre 25% e 50% do valor pago poderá ficar com a construtora.

Porém, também é possível negociar o desconto juridicamente. Mesmo assim, o ideal é ter certeza de que você quer e consegue pagar pelo imóvel. Aqui, é necessário ter um planejamento financeiro para direcionar as suas possibilidades orçamentárias, mostrando quais oportunidades são coerentes com seu orçamento.

Como comprar imóvel na planta pode ajudar a criar patrimônio?

Como você viu, comprar um apartamento na planta também é uma forma de investir, já que você tem chances de obter rendimentos com a valorização da propriedade, certo? Logo, a compra desse bem pode ter a finalidade de aumentar o patrimônio.

Além de lucrar com a venda por um preço maior, há a possibilidade de gerar lucros a partir do aluguel, por exemplo. Essa pode ser uma oportunidade interessante para fazer seu dinheiro render a partir de decisões estratégicas.

Apartamento na planta ou pronto: afinal, qual vale mais a pena?

Você percebeu que não há apenas um fator a ser analisado sobre comprar apartamento na planta, certo? Isso faz com que também não exista uma resposta definitiva se o melhor é comprar um apartamento pronto ou na planta.

Cada pessoa deve conhecer suas necessidades e analisar qual das duas opções se adéqua melhor ao momento de vida e aos planos para o futuro. Se você puder esperar meses ou até anos para se mudar, o imóvel na planta pode ser adequado.

Porém, se você precisa ou quer se mudar mais rapidamente, o imóvel pronto tende a ser a melhor escolha. Além dessas questões, você deve se fazer outras perguntas, como:

  • Qual é meu orçamento?
  • Quais são os bairros que me agradam?
  • Os apartamentos prontos suprem minhas necessidades?
  • Quero poder personalizar o imóvel, sem reformar?

Depois é preciso colocar na balança os prós e contras de cada opção. Também vale a pena colocar os valores na ponta do lápis para saber qual alternativa compensa mais para o seu bolso. Ao final, será mais simples identificar o que é mais adequado para o seu caso.

Neste artigo, você descobriu o que significa comprar um apartamento na planta e quais são os pontos positivos e negativos. Se essa escolha fizer sentido para você, é possível colocar seu conhecimento em prática para buscar o imóvel adequado às suas necessidades.

Bateu aquela dúvida na matéria que você leu? Deixe nos comentários que o Time Loft responde!

Deixe seu comentário

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.