Decoração de cozinha: dicas para um espaço simples e bonito

Compartilhar a notícia

A cozinha é um dos espaços mais estratégicos do lar, e a decoração precisa ser, além de bonita e do gosto do morador, prática e funcional para todos

23 de dezembro de 2022

Autor Time Loft
Atualizado: 11 de setembro de 2023 10 min de leitura

Fazer a decoração da cozinha é algo que vai muito além da estética. Afinal, quando falamos sobre espaços funcionais, a cozinha é um dos principais, já que tem um papel fundamental dentro dos lares. 

Independentemente do tamanho – seja uma cozinha pequena ou grande – é possível pensar em elementos que tornem o ambiente mais bonito, receptivo e prático para o morador. 

Como fazer decoração de cozinha simples?

A decoração da cozinha não precisa ser nada complexa ou cara, mas é necessário ter atenção para não abrir mão da praticidade e segurança do ambiente, já que as cozinhas são espaços com uma circulação muito grande de pessoas ao longo do dia. Se você quer mudar a cozinha, mas não pretende encarar uma reforma, ainda que pequena, existe caminhos para colocar em prática uma decoração simples desse ambiente.

Enfeite com os itens da própria cozinha

dicas de decoração de cozinha
Crédito da foto: Unsplash

Uma das formas de promover uma decoração simples é aproveitar os acessórios da cozinha como parte da decoração distribuindo-os de maneira organizada na bancada. Você pode optar por organizadores, bandejas e caixinhas coloridas para trazer mais vida à decoração. 

Anúncios

Aposte na natureza

Existem várias plantas que se adaptam muito bem ao clima da cozinha e podem ainda servir como bons temperos. Há quem opte, inclusive, em criar uma horta na cozinha que acaba tendo função dupla: tempero das refeições e decoração da cozinha. 

Além disso, é possível promover uma mudança no ambiente apenas comprando uma fruteira bonita para colocar frutas de cores vivas que já vão servir também como um elemento decorativo, além de ajudar na alimentação saudável da família.

Como decorar a bancada da cozinha?

A bancada da cozinha é um dos elementos mais importantes da decoração do ambiente, já que é onde a magia geralmente acontece. 

A designer de interiores Analu Guimarães ressalta a importância de distribuir bem os elementos que irão compor a cozinha para não atrapalhar a rotina dos moradores. “Não existe uma altura exata para fixar cada acessório, pois isso depende da relação entre a altura e a preferência dos moradores que mais utilizam o cômodo. Normalmente trabalhamos com um padrão intervalado, prestando muita atenção para não furar locais por onde passa a tubulação hidráulica”, explica.

Banquetas na bancada

Se você optar por transformar a bancada da cozinha em ilha, comum em estilos de cozinha americana, as banquetas são bastante indicadas. Opte por modelos bonitos e que contrastam de maneira harmoniosa com o décor da cozinha.

bancada de cozinha para cozinha simples
Crédito da foto: Divulgação

Se você é da turma que precisa encarar uma reforma para considerar que a decoração de um ambiente foi feita, um ponto importante antes de começar as mudanças é ter em mente o quanto se deseja (e pode) gastar. É possível fazer reformas na cozinha mesmo com pouco dinheiro, como:

  • Mudar o visual da parede, com ladrilhos hidráulicos ou pintura na parede;
  • Pintar os azulejos;
  • Escolher os metais certos;
  • Apostar na melhor iluminação;
  • Escolher pisos adequados;
  • Melhorar as pedras  para bancadas. 

A seguir, separamos um guia completo das melhores práticas para fazer a decoração da cozinha. Confira!

Decoração da cozinha com pisos

Para o piso, além da beleza, é importante tomar cuidado para não escolher um material que seja escorregadio para evitar acidentes. Escolher superfícies rugosas ou texturizadas ajuda com isso. 

Por se tratar de uma área com grande circulação e que pode muitas vezes ser comprometida com queda de alimentos gordurosos, o piso precisa ser bem pensado. 

Os porcelanatos e granitos costumam ser uma boa alternativa, pois apresentam uma resistência maior, diferente do mármore, por exemplo – que é um material mais poroso e deve ser evitado em regiões onde há mais gordura e umidade. 

Como escolher os metais certos para decorar a cozinha?

Os metais fazem toda a diferença no visual da cozinha. A escolha das torneiras, dos puxadores e outros acessórios precisam estar em harmonia. A designer Analu alerta também para pensar na harmonia entre torneira e cuba – um erro bastante comum para quem está pensando em reformar a cozinha. 

As cores precisam combinar, e por isso, a especialista recomenda não pensar nos metais isoladamente, pois a chance de criar uma decoração que se contradiz é muito grande. Analu explica que isso não significa que tudo precisa ter a mesma cor, mas a combinação precisa fazer sentido e estar amparada a um estilo ou conceito.

Além da questão estética, mexer neste tipo de acessório requer alguns cuidados. É importante verificar se a pressão da água da casa é compatível com a torneira que se deseja comprar, pois o uso com a pressão abaixo da indicada é ineficaz e, acima disso, pode acabar danificando os componentes do metal.

Decoração de cozinha com ladrilhos hidráulicos

Ladrilhos assinados pelo escritório Superlimão para a Dalle Piagge. Crédito da foto: Divulgação
Ladrilhos assinados pelo escritório Superlimão para a Dalle Piagge. Crédito da foto: Divulgação

Para quem deseja trazer um toque mais contemporâneo, os ladrilhos hidráulicos são alternativas criativas e despojadas. 

Você pode personalizar e criar uma estampa própria ou adquirir uma pronta, buscando por elementos que combinem com o estilo da cozinha. Os ladrilhos são bastante usados para trazer formas e cores diferentes para dar vida à composição.

Uma alternativa mais acessível: pintar os azulejos 

Se você deseja dar uma cara nova para a cozinha, mas não tem dinheiro para substituir o revestimento atual, a opção mais acessível é pintar o azulejo. 

Para isso, é importante se atentar ao tipo de tinta – a mais recomendada é a tinta Epóxi, que custa em torno de R$ 60 o litro. 

Escolha uma cor que harmonize com os elementos da cozinha e bancada para trazer elegância. Além disso, se for o caso, pode ser necessário comprar uma tinta própria para mudar a cor do rejunte da parede do azulejo pintado. 

Como escolher a pedra para a cozinha?

As bancadas costumam ser revestidas com granito, quartzo, mármore, silestone ou corian – que são pedras muito indicadas para este tipo de ambiente por causa da resistência e fácil limpeza. 

O granito e o mármore são as pedras mais populares. O preço médio, segundo o Habitissimo, plataforma de serviços residenciais, é de R$ 3 mil. Esse tipo de revestimento possui um acabamento mais granular, liso e de fácil limpeza – e se adequa bem a diferentes estilos de cozinha. 

Já silestone e corian são peças mais nobres, geralmente feitas em um processo mais sustentável, tem uma superfície mais texturizada. Geralmente, essas pedras são mais resistentes e possui uma absorção de água mais ágil, mas, o valor é bastante elevado, variando de R$ 4 mil a R$ 7 mil o metro quadrado. 

Iluminação da cozinha

Projeto com iluminação linear embutida na marcenaria de Sabrina Salles. Foto: Divulgação
Projeto com iluminação linear embutida na marcenaria de Sabrina Salles. Foto: Divulgação

É possível fazer a iluminação da cozinha mais personalizada do que nunca: LEDs embutidos na marcenaria, pendentes criativos, spots e mais. Mas como escolher a ideal para a decoração da minha cozinha?

Isso vai depender de vários fatores, como o estilo desejado, a intensidade da iluminação necessária  e até mesmo o orçamento disponível. 

Além dos modelos de luminárias, existem diferentes tipos de luz. A mais comum é a luz branca fria, que são aquelas mais claras, comuns em escritórios, áreas de estudo e salas de estar. Atualmente, outra temperatura se destaca, que é o “branco neutro”, um tipo de luz que permeia entre a luz branca e amarela e traz um clima mais aconchegante para o ambiente. 

Se a sua cozinha é de estilo americano, pensar também na iluminação das bancadas é fundamental. Uma dica esperta é optar por pendentes que, além de iluminar, tragam um toque de design mais personalizado para o espaço.

Tipos de cozinha

Existem vários estilos de cozinha para atender todos os gostos e metragens. A seguir, confira os principais:

Cozinha Americana

decoracao cozinha americana
Apartamento à venda no Itaim Bibi, São Paulo. Crédito da foto: Loft

Provavelmente um dos estilos mais famosos (e desejados), as cozinhas americanas conquistaram o coração dos brasileiros por se adequar a espaços de diferentes metragens e possibilitar a integração com as áreas comuns da casa, sem abrir mão da setorização do espaço. 

Esse tipo de cozinha é uma verdadeira tendência que veio para ficar, especialmente entre aqueles que não abrem mão de reunir a família e os amigos. A cozinha americana se adequa muito bem aos padrões dos novos apartamentos – que, cada vez mais, apresentam metragens reduzidas e prezam pelos espaços integrados. 

Cozinha Retrô

Ladrilho hidraúlico ajuda na decoração
Cozinha dos Amigos – Ana Malta. Foto: André Nazareth

Se você é uma pessoa apaixonada pelo estilo de décadas passadas, a cozinha retrô ou vintage é uma ótima escolha. Esse estilo costuma ser bastante comum em casas, pois precisa de mais amplitude para posicionar todos os elementos. 

 Uma das características mais comuns desse estilo de cozinha é ter uma mesa de jantar, geralmente com 4 lugares, no meio do ambiente. 

Além disso, os revestimentos são marcantes: muito candy color (tons suaves), ladrilhos hidráulicos, delicadeza e suavidade na composição. 

Cozinha de uma parede só

Apartamento à venda na Vila Olímpia, São Paulo. Foto: Loft

Esse é um estilo que anda de mãos dadas com a cozinha americana. Super em alta, as cozinhas de uma parede só são comuns em espaços em que a área de serviço é conjunta à cozinha, e é feita uma “marcenaria mestre” que integra os dois cômodos. 

Cozinha minimalista

cozinha minimalista
Crédito da foto: Shutterstock

Se você seguir a filosofia de que “menos é mais”, então o minimalismo é o estilo certo para a sua cozinha. Nele, apenas o essencial está presente na cozinha, e os elementos secundários não são expostos – ficam guardados nos armários e gavetas. 

Além disso, a cozinha minimalista costuma apresentar uma paleta repleta de tons neutros e seus revestimentos são naturais, como a madeira, palha, pedra na parede, entre outros. 

Revestimentos para a cozinha

Decoração de cozinha rustica
Crédito da foto: Pixabay

A escolha do revestimento da cozinha faz toda a diferença no visual que se deseja criar para o ambiente. É uma forma de transmitir o estilo almejado nas paredes e no piso. 

Mais do que um simples espaço para preparar os alimentos, a cozinha é uma área social e precisa ter uma boa receptividade e segurança. Por essa razão, os revestimentos têm duplo papel: tanto estético como também de garantia de conforto.  

Atualmente, existem vários tipos de revestimentos para as cozinhas. Os mais comuns são porcelanato, cerâmica, ladrilhos hidráulicos, vinílicos, pinturas monolíticas (base de resina sem rejuntes) e pedras (mármore, quartzo e granito). 

Mais do que tudo, a decoração da cozinha precisa ser um espaço funcional. Pensando nisso, o décor não pode abrir mão da circulação e de atender as necessidades da pessoa (ou pessoas) que mais utilizará o cômodo, se adequando aos hábitos e trazendo facilidades no layout. 

Colaboração Yeska Coelho

Bateu aquela dúvida na matéria que você leu? Deixe nos comentários que o Time Loft responde!

Tags

Comentários

Aurea morgado

Papéis de parede para cozinha americana

Deixe seu comentário

Veja também

Espaço do Corretor

12 de abril de 2024

Como ser um bom corretor de imóveis

Espaço do Corretor

12 de abril de 2024

4 livros que todo o corretor de imóveis deve ler

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.