Controle de acesso: é possível implementar um sistema na casa?

Compartilhar a notícia

Quer saber quais são os benefícios de instalar recursos de controle de acesso na sua casa? Veja por que não são apenas os condomínios que podem utilizá-lo!

09 de agosto de 2023

Autor Time Loft
Atualizado: 25 de agosto de 2023 11 min de leitura
Controle de acesso- é possível implementar um sistema na casa

Ter segurança dentro e fora de casa é uma prioridade para a maioria das pessoas. Nesse sentido, o controle de acesso trouxe tranquilidade para quem não quer arriscar perder bens financeiros ou colocar a família em situações perigosas. Com sistemas de qualidade, é possível controlar entradas e saídas e monitorar o que acontece no entorno do imóvel.

Essa instalação é uma alternativa interessante para qualquer residência, mesmo sendo um serviço mais comum quando se fala de condomínios. Portanto, vale compreender como ele funciona e formas de implementá-lo para atender às suas necessidades e exigências.

Deseja descobrir quais são os tipos de controle de acesso disponíveis no mercado? Continue a leitura e descubra!

O que é controle de acesso?

O controle de acesso se refere ao conjunto de tecnologias que possibilitam administrar a entrada e saída de pessoas e veículos de um lugar. Ele funciona a partir de uma combinação de hardware e software para proteger indivíduos e bens de valor.

De modo geral, o controle de acesso é bastante utilizado no meio corporativo. Por exemplo, quando você chega a uma empresa, é comum precisar se identificar antes de conseguir entrar no ambiente, não é mesmo? Isso também costuma acontecer em condomínios residenciais, sejam de prédios ou casas.

Logo, o controle de acesso é uma forma de gerenciar a circulação de pessoas, sejam elas moradoras ou visitantes. Porém, não existe apenas um meio de fazer isso, já que as maneiras de identificação são variadas e dependem do tipo de sistema utilizado.

Quais são os tipos de controle de acesso?

Você viu que existem alguns tipos de controle de acesso. Eles variam conforme sua finalidade e uso, como os sistemas feitos para casas, condomínios ou empresas. Cada uma dessas alternativas possui especificidades, de modo que funções e ferramentas podem mudar. 

Entenda melhor a seguir como cada tipo de sistema de controle de acesso funciona!

Anúncios

Residenciais

Em casa, o controle de acesso pode ser feito nos portões externos, na garagem ou nas portas principais. Porém, não é necessário se limitar a esses pontos. Em vez disso, vale a pena analisar quais são outras áreas que merecem atenção, considerando o seu cotidiano. 

Para tanto, pense por onde todos entram diariamente, qual é a entrada que os entregadores de encomendas costumam usar e quem utiliza a garagem com mais frequência. A ideia é analisar o esquema diário de movimentação de pessoas.

A partir disso, a função do sistema instalado será liberar ou bloquear a entrada de veículos ou indivíduos. Nesse quesito, a identificação dos moradores pode ser realizada por:

  • tags;
  • senhas;
  • leitura biométrica por impressão digital;
  • reconhecimento facial.

Ao adotar a ferramenta, torna-se mais prático entrar na residência, pois não é preciso usar chaves. Ainda, a identificação por meio desses fatores — principalmente senhas, biometria e reconhecimento — é um modo de se proteger contra a invasão de estranhos.

Com as fechaduras digitais, por exemplo, os moradores têm acesso facilitado, enquanto possíveis invasores encontram mais dificuldades. Isso porque é possível configurar recursos para alertar o morador, como em tentativas de arrombamento ou de digitar a senha incorreta. 

Para lidar com visitas, entregas e contato de outras pessoas, o porteiro digital também é uma opção que tem agradado os usuários. Por meio dele, é possível atender, visualizar e abrir os portões por meio de um aplicativo. 

Em alguns tipos de serviços, você consegue até criar um QR Code para gerar acessos com horários pré-programados. Assim, os visitantes têm a entrada liberada e você pode receber as notificações sobre essas movimentações pelo seu celular.

Condominiais 

Provavelmente, você já percebeu que é comum o controle de pessoas para entrar em condomínios de prédios ou casas. Com o deslocamento constante de moradores, visitas e trabalhadores, é fundamental administrar bem esses acessos para nenhum indivíduo indesejado entrar na área.

Assim como acontece com os serviços de controle residencial, há diversos tipos de serviço para atender a esses objetivos. Em geral, o sistema é integrado para garantir o gerenciamento de todas as áreas comuns e dos portões principais.

Nos condomínios, o acesso pode ocorrer por biometria, controle remoto, tag, senha ou portaria eletrônica, por exemplo.

Ainda, a administração deve registrar o fluxo de pessoas e veículos para saber as informações detalhadas sobre as movimentações. Isso inclui nomes, placas, data e hora de acesso. Dessa maneira, se alguma adversidade acontecer, é mais fácil identificar o responsável pela ação.

Assim, desde a portaria — digital ou física — até ferramentas como tags podem ser utilizadas. No caso de lugares comuns usados pelos condôminos, como piscina e salão de festas, o gerenciamento também é essencial. Isso inibe pessoas que desejam depredar o espaço ou realizar alguma atividade proibida.

Também é bastante comum que o controle de acesso nos condomínios conte com gravações. As câmeras de vídeo e áudio permitem descobrir quem passou pelo condomínio enquanto os moradores não estavam, por exemplo.

Empresariais

Da mesma forma que é feito em um condomínio residencial, o controle de acesso pode ser realizado em empresas de diversos portes e segmentos. Nesses casos, os colaboradores podem utilizar cartão de aproximação, senhas, tags, biometria ou reconhecimento facial.

Essas soluções podem ser benéficas para montar relatórios, autorizar ou remover permissões de acesso. A partir dessa ferramenta, a gestão também consegue analisar os horários de entrada e saída dos funcionários e as faltas, por exemplo.

Ainda, o recurso é uma forma de garantir que apenas pessoas autorizadas consigam entrar na empresa. Isso traz segurança e praticidade a todos os envolvidos.

Quais são os benefícios de ter um controle de acesso em casa?

Como você viu, o controle de acesso já está bem consolidado em condomínios e empresas. Porém, também há diversas vantagens de ter essa ferramenta no seu lar.

Vale notar que todas as alternativas geram proteção, mas as soluções apresentarão benefícios diferentes dependendo dos recursos utilizados. Caso tenha câmeras, ele aumenta a segurança e a praticidade ao permitir verificar quem está no seu portão ou porta 

Se o sistema tiver comunicação integrada, não é preciso se deslocar para conferir a pessoa que chegou, o que ela deseja ou qualquer informação relacionada. tudo pode ser feito rapidamente pelo sistema, ao clicar em um botão.

O uso de senhas ou reconhecimento facial, por exemplo, também é útil porque evita que seja necessário utilizar chaves. Em um cenário em que você está carregando diversos itens, essa alternativa pode ser bem prática e confortável.

O sistema também garante mais segurança, pois ele não permitirá a entrada de indivíduos não autorizados e avisará sobre eventuais tentativas de acesso.

Para quem tem filhos, essa também pode ser uma oportunidade de saber os horários que eles chegam e saem de casa. Dependendo do sistema escolhido, você consegue conferir e visualizar a data e hora de acesso de cada pessoa cadastrada. 

Por fim, a acessibilidade é uma vantagem que merece atenção. Pessoas com deficiência auditiva ou visual podem buscar por soluções que atendam necessidades específicas. Afinal, com tantas ferramentas no mercado, é possível personalizar a solução.

Como implementar o controle de acesso na minha casa?

Agora que você percebeu as vantagens de recorrer ao controle de acesso, provavelmente está querendo saber como implementar esse sistema na sua casa, certo? Para tanto, é preciso contratar uma empresa de confiança que ofereça esse tipo de solução.

Como o processo envolve a segurança da sua família, pesquise as empresas disponíveis na sua região e os serviços ofertados. Por exemplo, considere os equipamentos disponibilizados e soluções adicionais — como vigilância.

Nesse processo, não esqueça de verificar as suas necessidades e o orçamento que você possui para instalar o sistema. A partir dessas informações, será possível decidir pelo equipamento e serviços mais adequados, considerando o custo-benefício e a proteção ofertada. 

Outra dica para encontrar um controle de acesso com o qual você se sinta seguro e que não falhará quando utilizado é pesquisar os feedbacks de outros clientes da empresa. Ao entender a experiência dos usuários, aumentam as chances de escolher um bom serviço.

Ainda, durante a instalação, faça testes e tire as suas dúvidas com o profissional responsável. Como os sistemas podem ter diferentes funções, busque entender todos os comandos. Esse conhecimento ajudará a aproveitar melhor o potencial e os benefícios da ferramenta.

Além disso, explique para toda a família como os recursos funcionam para não haver confusões ou problemas que afetem a segurança, combinado?

Como escolher o melhor sistema para sua residência?

Até aqui, você aprendeu que existem diferentes empresas e sistemas de acesso disponíveis no mercado. Então é interessante analisar as suas características para selecionar qual solução é a ideal para você.

Por exemplo, se a ideia é se livrar das chaves no dia a dia, considere procurar soluções como acesso por tag, senha, biometria ou aplicativo. Essas soluções eliminam o risco de perder a chave de casa e dificultam práticas de arrombamento, por exemplo, aumentando a proteção.

Já o uso de câmeras costuma ampliar a segurança e facilitar o atendimento de visitas, entregadores e outras pessoas. Com ajuda da imagem na tela, é possível saber quem está na parte de fora e definir se a entrada deve ou não ser permitida. 

Outro ponto é o morador que gosta de saber quem passou pela casa quando ele não estava. Para tanto, os modelos que detectam movimentos ou registram quem foi ao local são fundamentais. Com eles, você tem o registro com imagem do horário e data do contato das pessoas.

Para quem viaja bastante ou conta com pessoas em casa durante as ausências, é possível cadastrar uma senha específica de acesso para terceiros. Portanto, amigos, familiares e colaboradores têm acesso ao imóvel. Mais uma opção é utilizar o aplicativo remotamente para abrir a tranca.Nesse caso, o aplicativo serve para garantir que os prestadores de serviço tenham acesso à casa no horário programado. Ou seja, diaristas, jardineiros ou piscineiros podem entrar na residência com segurança — e esses são apenas alguns exemplos.

Afinal, vale a pena instalar um controle de acesso na minha residência?

Se você busca praticidade, proteção e otimização de tempo, vale a pena instalar esse tipo de ferramenta em sua casa. Como a ferramenta amplia a segurança, as chances de ocorrer problemas como roubos ou invasões diminuem. 

Ademais, essa é uma maneira de gerenciar as entradas e saídas com praticidade e muito mais proteção. Também existem diferentes soluções no mercado, podendo ser personalizado para contemplar melhor as necessidades de cada cliente.

Vale lembrar que não é preciso fazer muitas adaptações na infraestrutura para instalar um sistema de segurança de acesso. Como esses são recursos modernos, a instalação costuma ser rápida e simples, dificilmente exigindo maiores intervenções no ambiente.

Além disso, você tem a chance de integrar esse controle a outros equipamentos de proteção — como um sistema de monitoramento por câmeras. Assim, fica mais fácil acompanhar espaços internos e externos.

Para quem viaja bastante ou passa a maior parte do dia fora de casa, recorrer à portaria virtual pode garantir mais tranquilidade. Afinal, é fácil acompanhar o que acontece a distância — sendo possível atender, abrir a fechadura e acompanhar tudo remotamente.

As fotos e vídeos também podem ser utilizadas para conferir o que aconteceu no dia, pois a gravação de muitos equipamentos é automática. Esse é um modo de reforçar a segurança e cuidar do que acontece perto da residência.

Imagine que algum vizinho ou amigo precisa entrar na casa para ajudar a sua família. Nesse caso, você pode conferir se é ele por meio das câmeras e liberar a entrada. Logo, molhar as plantas ou cuidar dos cachorros enquanto você estiver fora não será um problema. Incrível, né?

Procurando imóveis para comprar com controle de acesso? A Loft tem muitas opções para você!

Bateu aquela dúvida na matéria que você leu? Deixe nos comentários que o Time Loft responde!

Tags

Deixe seu comentário

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.