Mercado aquecido: saiba quais bairros vendem mais apartamentos

Compartilhar a notícia

Como a pandemia afetou o mercado imobiliário em São Paulo? Quais são os bairros mais atraentes para os compradores nos últimos anos? O núcleo Loft Dados usou os dados oficiais da prefeitura da capital paulista para responder essas perguntas

24 de junho de 2022

Atualizado: 01 de julho de 2022 4 min de leitura
Imagem aérea da cidade de São Paulo. foto: Shutterstock

A análise dos dados oficiais da prefeitura de São Paulo mostrou que seis bairros têm a preferência dos compradores de imóveis na capital paulista (veja mais detalhes sobre a metodologia abaixo).

Desde 2019, essas áreas se mantiveram na liderança e são onde mais se negociam apartamentos na cidade, variando apenas a ordem em que aparecem.

Entre janeiro e abril de 2022, mais uma vez esses bairros concentraram a maior parte das 17.180 transações de apartamentos, nessa ordem:

BairrosApartamentos transacionados em 2022
Pinheiros (zona oeste)411
Vila Andrade (zona sul)390
Bela Vista (centro)377
Vila Mariana360
Perdizes (zona oeste)333
Jardim Paulista (zona oeste)266
Fonte: Dados oficiais do ITBI-SP

Para entender como o mercado chegou até aqui, é preciso olhar os dados de compra e venda de apartamentos nos últimos três anos, desde antes da pandemia de Covid-19. O gráfico de compra e venda de imóveis mostra que houve uma queda no número de apartamentos comprados e vendidos logo no começo da pandemia, seguida de uma recuperação em 'V'.

Mercado imobiliário teve recuperação em 'V'

"A recuperação acelerada está associada à incerteza com o futuro da economia naquele momento. Em época de elevada instabilidade e ativos financeiros livres de risco, como CDB e tesouro direto, remunerando muito pouco, o mercado imobiliário se tornou a alternativa mais atraente, um porto seguro", explica o gerente de dados da Loft, Rodger Campos.

Pinheiros foi o bairro com maior número de apartamentos comprados e vendidos em 2022. Foto: Fly
Pinheiros foi o bairro com maior número de apartamentos comprados e vendidos em 2022. Foto: Fly

Efeitos da pandemia na venda de imóveis

O comportamento do mercado imobiliário em São Paulo pode ser dividido em três períodos:

  1. Pré-pandemia – entre janeiro e dezembro de 2019;
  2. Pandêmico – de janeiro de 2020 até julho de 2021;
  3. Inflacionário – a partir de agosto de 2021.

"No momento pré-pandemia as transações imobiliárias eram crescentes e, se oscilavam, era em um nível mais elevado, perto de cinco mil por mês. Quando começa o período pandêmico há uma queda brusca nas negociações, seguida de uma rápida recuperação. A retomada se mantém acelerada até o momento em que o mercado de crédito imobiliário internaliza o custo dos empréstimos em razão da alta da taxa de juros básica da economia brasileira. Podemos dizer que entramos numa fase inflacionária, que desaquece as transações imobiliárias – devido à perda do poder de compra e à alta dos juros – e fomenta o mercado financeiro, que oferta ativos financeiros livres de risco e com elevada remuneração do capital investido", resume Campos.

Apartamentos vendidos em 2019

No total, 50.881 apartamentos foram vendidos em São Paulo em 2019. Os bairros em que o mercado esteve mais aquecido foram:

BairroApartamentos transacionados em 2019
Vila Mariana1232
Bela Vista1196
Pinheiros1099
Vila Andrade1077
Jardim Paulista963
Perdizes812
Consolação767
Tatuapé757
Itaim Bibi709
Ipiranga663
Fonte: Dados oficiais do ITBI-SP
Vila Mariana foi o bairro com mercado mais aquecido em 2019 e 2020. Foto: Shutterstock
Vila Mariana foi o bairro com mercado mais aquecido em 2019 e 2020. Foto: Shutterstock

Apartamentos vendidos em 2020

Em 2020, 50.901 apartamentos foram vendidos na cidade. Mais uma vez, a Vila Mariana lidera o ranking dos bairros com mais unidades transacionadas em São Paulo:

BairrosApartamentos transacionados em 2020
Vila Mariana1190
Vila Andrade1170
Bela Vista1111
Pinheiros981
Perdizes916
Jardim Paulista894
Indianópolis697
Tatuapé682
Moóca661
Consolação641
Fonte: Dados oficiais do ITBI-SP

Apartamentos vendidos em 2021

Em 2021 foi a Vila Andrade, na zona sul, o bairro com o mercado imobiliário mais aquecido em São Paulo. Em toda a cidade foram vendidas 71.231 unidades:

BairrosApartamentos transacionados em 2021
Vila Andrade1640
Vila Mariana1579
Bela Vista1469
Pinheiros1418
Perdizes1332
Jardim Paulista1208
Indianópolis1059
Moóca1022
Consolação950
Brás911
Fonte: Dados oficiais do ITBI-SP
Vila Andrade liderou o ranking de compra e venda em 2021. Foto: Shutterstock

Metodologia

O núcleo Loft Dados usou dados da prefeitura de São Paulo sobre o Imposto de Transmissão de Bens Imóveis. Isso quer dizer que foram consideradas todas as transações imobiliárias de imóveis residenciais verticais – ou seja, de apartamentos – que aconteceram na cidade entre janeiro de 2019 e abril de 2022 em que houve recolhimento de ITBI sobre a área total do imóvel.

Aqui vale lembrar que imóveis comprados na planta ou em fase de construção não pagam ITBI e, portanto, não entraram no levantamento. Imóveis descritos apenas como garagem foram desconsiderados.

A divisão de bairros tem como base o registro no CEP dos imóveis.

Leia mais

Encontre seu apartamento

Agora que você já conhece os valores dos condomínios nos bairros, veja nossa lista de apartamentos em São Paulo

Foi repórter de Economia do Portal Loft. Jornalista formada pela ECA-USP com passagens pela TV Globo, Record, Band, SBT (onde trabalhou por nove anos como repórter) e CNN Brasil. Fez especialização em Jornalismo Literário pela ABJL e em Roteiro pela EICTV-Cuba. Foi finalista do Prêmio Esso de Jornalismo em 2012.

Deixe seu comentário

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.