Vasos decorativos: como escolher o modelo ideal para o seu lar?

Compartilhar a notícia

Conectar-se com a natureza por meio das plantas é uma tendência nos lares, e, os vasos decorativos trazem ainda mais estética, além de valorizar o ambiente

28 de fevereiro de 2023

Autor Time Loft
Atualizado: 28 de fevereiro de 2023 8 min de leitura
vasos decorativos

A necessidade de incorporar a natureza dentro de casa ganhou força durante a pandemia como uma forma de conectar o ambiente externo com o interno. As plantas possuem inúmeros benefícios para a saúde do corpo e da mente, mas precisam de alguns cuidados: a escolha do vaso é primordial, mas nada impede de buscar por modelos de vasos decorativos que trazem funcionalidade e estilo para o seu lar. 

A designer de interiores Roberta Saes, do escritório Meet Arquitetura, defende que as plantas de apartamentos podem ficar em qualquer ambiente, mas de preferência próximas de janelas para captar a luz do sol (mesmo que indiretamente). A escolha do vaso pode seguir o estilo do seu lar, e ainda ser bem pensado para receber a espécie e mantê-la em proteção. 

Como usar vasos na decoração?

Os vasos podem ser usados para abrigar plantas ou não. Muitas vezes, o modelo sozinho já é o suficiente para decorar o ambiente. Crédito da foto: Unsplash

Os vasos são peças coringas para decorar qualquer ambiente, mas é importante seguir algumas regrinhas para tornar o espaço mais bonito e não ter informações desconexas. A seguir, separamos algumas dicas para acertar na escolha!

Tamanho do vaso 

A escolha dos vasos decorativos precisa também estar adequada ao ambiente em que ele será colocado, explica a especialista. É importante buscar tamanhos que sejam proporcionais ao espaço, para que o vaso não sobrecarregue ou comprometa a circulação. 

A maior parte das lojas vende vasos em tamanhos diversos, separados em P (até 10 cm), M (até 20 cm) e G (até 45 cm).

Anúncios

Decoração equilibrada

Procure por modelos que sigam a mesma linha decorativa dos elementos do seu ambiente. É importante buscar um item que traga harmonia e não fique sobrecarregado (ou até mesmo apagado) com o restante da decoração. 

Por exemplo, se você tem uma sala minimalista, apostar em um vaso muito extravagante pode acabar quebrando a atmosfera que foi construída.

Material 

Especialmente para quem tem animais ou crianças em casa, é importante pensar no material dos vasos decorativos. Peças de plástico, porcelana, vidro, cerâmica, metal, madeira e outros podem ser encontrados facilmente em lojas de decoração ou jardinagem. 

Se você tem crianças ou cachorro no apartamento, o ideal é deixar o vaso em um local de difícil acesso, especialmente se forem materiais que quebrem facilmente. Por outro lado, se a ideia é posicionar o item em um espaço acessível, considere vasos de madeira, metal ou plástico. 

Vasos decorativos para sala

Apostar em um vaso (ou um kit de vasos decorativos para sala) é uma forma eficaz de trazer estilo e sofisticação para um dos ambientes mais importantes de qualquer casa ou apartamento

A decoração da sala de estar sempre ganha protagonismo, já que se trata de um dos ambientes mais receptivos e onde os moradores passam boa parte do seu dia. 

Vaso com flores na mesinha lateral ao lado do sofá trouxe charme e feminilidade para esse apartamento assinado pelo Studio Juliana Camargo. Crédito da foto: Evelyn Muller

É possível incluir vasos de algumas maneiras: um grande ao lado do sofá, jardins suspensos, floreiras na parede, mesinhas de canto e, um dos usos mais simples e também mais amados, posicionar o vaso decorativo no rack.

Apesar de associarmos bastante os vasos com plantas, não é uma regra colocar alguma espécie no vaso da sua sala. Você pode simplesmente optar por um modelo com design arrojado que já será a estrela do ambiente. 

Cuidados com vasos decorativos na sala

Se o vaso for pequeno e estiver próximo de uma janela, é importante ficar de olho em como são os ventos na sua região, já que uma ventania forte pode levar a peça para o chão. Além disso, se o vaso contar com plantas, o ideal é deixá-lo em um espaço que receba luz natural. 

O vaso mais neutro em forma orgânica acompanha o modelo da mesa e abriga as costelas de adão de maneira assimétrica. Crédito da foto: Evelyn Muller

Caso opte por um vaso decorativo para sala no chão, é importante deixá-lo em um espaço que não comprometa a passagem, já que isso pode acabar danificando a peça ou até causar algum acidente. O ideal é deixar o vaso entre o sofá e a parede, em uma área mais inutilizada da sua sala de estar. 

Os modelos de vasos decorativos mais amados 

Se você buscar por vasos decorativos para o seu lar, irá se deparar com uma infinidade de opções, tamanhos e materiais. A seguir, separamos os mais populares:

Vasos de vidro para decoração

Crédito da foto: Unsplash

Apesar da fragilidade, o vidro é um dos materiais mais usados para a fabricação de vasos de tamanhos e estilos diversos. Crédito da foto: Unsplash

Os vasos de vidro passam sofisticação para qualquer ambiente, e podem se adaptar a diferentes estilos. 

Há opções de vidros transparentes – que costumam ser mais usados para acomodar plantas – e também com vidros coloridos que podem ser usados apenas como adornos. A desvantagem do produto está em sua fragilidade, já que uma simples queda pode ser fatal. 

Vasos de plástico

Crédito da foto: Unsplash

Práticos e resistentes, os vasos plásticos são opções boas para famílias com filhos ou pets, já que não são quebrados com facilidade.

Vasos ecológicos feitos com garrafas plásticas. Crédito da foto: Divulgação

Há também opções sustentáveis de vasos feitos com materiais recicláveis. Na imagem acima, a peça faz parte de uma coleção criada por Brunno Jahara e Patrícia Bagniewski a partir de garrafas plásticas.

Esse tipo de vaso pode ser feito em casa, especialmente se você possui facilidade com trabalhos manuais. É possível moldá-lo em diferentes formatos e cores que combinam com o ambiente em que será colocado – sala de estar, quarto e principalmente na varanda. 

Vasos de madeira para decoração

Vasos de madeira são ótimos para trazer um visual mais natural para o ambiente. Crédito da foto: Unsplash

A madeira é um material acolhedor e presente em muitas decorações afetivas e atemporais. Para quem quer um visual mais delicado, os vasos de madeira clara são os mais apropriados. 

A vantagem do produto está na durabilidade e versatilidade de cores disponíveis – mesmo para quem optar por uma opção de madeira crua, ainda pode pintar ou deixar como comprado e garantir um visual mais minimalista. 

Vasos de cerâmica para decoração

Cheios de personalidade e delicadeza, os vasos de cerâmica são perfeitos para trazer bem-estar para o ambiente. Crédito da foto: Unsplash

A cerâmica está ganhando destaque por ser uma técnica que traz a argila como matéria-prima principal para a criação de vasos (e outros itens para a casa). A vantagem de usar a argila é que ela é capaz de criar uma conexão mais íntima com a natureza e tem uma textura única acolhedora. 

Estilos como japandi, wabi-sabi e minimalista costumam usar a cerâmica para trazerem um aspecto mais acolhedor e primitivo para as composições. 

Vasos decorativos grandes

O vaso colocado ao lado do aparador acomoda uma espada-de-são-jorge na sala de estar. Crédito da foto: Unsplash

Os vasos grandes se adaptam a ambientes maiores e áreas externas. Eles são ótimos para receber espécies mais robustas como ráfia, espada-de-são-jorge, costela de adão, entre outras. 

Como esses modelos são difíceis de serem deslocados, é necessário deixá-los em um espaço com pouca circulação. 

Trio de vasos decorativos

Vasos da St. James assinados por Fabrício Ronca. Crédito da foto: Divulgação

Perfeitos para acomodar plantas menores, esse trio pode ser usado para abrigar espécies menores e de fácil cuidado (como suculentas, por exemplo), trazendo mais delicadeza para o ambiente.

Eles costumam ser bastante versáteis e usados tanto na decoração da cozinha como também para abrigar plantas no banheiro

Vasos autoirrigáveis

Crédito da foto: Divulgação/Cobasi

Os vasos autoirrigáveis são a melhor aposta para quem deseja fazer uma horta em casa. Como o próprio nome sugere, essa peça é capaz de fazer a rega na medida certa e por vários dias, sem a necessidade de reposição. 

Existem modelos que conseguem manter uma rotina de irrigação da planta por cerca de 10 dias. É uma boa opção também para quem viaja e tem planta em casa.

Bateu aquela dúvida na matéria que você leu? Deixe nos comentários que o Time Loft responde!

Deixe seu comentário

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.